terça-feira, 26 de novembro de 2019

Polícia Civil de Ipu apura denúncia de crime ambiental com a comercialização indevida de água


A Polícia Civil de Ipu apurou nesta quinta-feira (21/11) denúncia de crime ambiental, combinado com a comercialização indevida de água, e nas diligências se deparou com um verdadeiro manancial do líquido precioso.
A denúncia aponta que na localidade de Sítio Quereca, zona rural de Ipu, um homem estaria desviando o curso do Riacho São Mateus para dentro de uma enorme cisterna, daí estaria comercializando, vendendo a água para os demais moradores e outros compradores.  A comunidade de São Mateus que fica abaixo e adjacências, estariam sendo prejudicadas com esse desvio da água.
A pessoa que está sendo acusada do crime ambiental, haja vista, estaria desviando o curso normal de um rio, e ainda por cima comercializando a água, foi receptivo com os policiais civis, guiando os mesmos até o local, diga-se de passagem é um cenário paradisíaco.
A equipe andou cerca de 3 km mata adentro, e se deparou realmente com uma grande estrutura de canos e uma gigantesca cisterna, comprovando a veracidade dos fatos. O mais incrível é a beleza, a riqueza de onde jorra o líquido precioso. O caso segue sendo investigado e o homem citado prestará na Delegacia de Polícia Civil todos os esclarecimentos para os procedimentos judiciais cabíveis.
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·