União Cearense de Umbanda expulsa pai de santo suspeito de abuso sexual em Ibiapina


A União Espírita Cearense de Umbanda (Uecum) excluiu de seus quadros Francisco Aucivam Pereira Linhares, de 29 anos, conhecido como "Pai Francisco", suspeito de cometer estupros dentro de sua casa de oração no município de Ibiapina, na região da Serra da Ibiapaba. Pelo menos quatro vítimas denunciaram o homem à Polícia Civil.
Aucivam era associado à Uecum desde 2018. A instituição declarou, por meio de nota, que realizou uma avaliação do líder religioso no ano passado, mas não constatou “nenhuma conduta que desabonasse sua participação em nossos quadros”. Por isso, a União se disse surpreendida com a notícia “avassaladora e vilipendiadora da religião”.
Em depoimento na Delegacia Regional de Tianguá, Aucivam disse que cometia os abusos a mando de entidades espirituais. "Pai Francisco" tocava as partes íntimas das mulheres sob a alegação de que o ato era necessário para a realização dos rituais.
“Nossas entidades e guias são espelhos de luz na estrada da vida e para as pessoas que buscam a Umbanda para uma palavra amiga, um acolhimento, um cuidado em saúde, um conforto na hora da aflição e da dor”, rebate a Uecum, em repúdio às atitudes de Aucivam. 
A União completa que fornece “apoio incondicional para as mulheres vítimas dessa violência sexual e abrimos nossas portas para recebê-las”. A nota é assinada por Mãe Suzana e Mãe Tecla do Oxossi, respectivamente, presidenta e vice da Uecum; pelo Movimento Negro Unificado do Ceará e pelo Instituto Cigano do Brasil, dentre outras associações.
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·