Mata Broca, acusado de atirar contra segurança, se apresenta na DPc e tem prisão temporária decretada


Acusado atirar em segurança, nas proximidades do Ginásio Coberto Abdoral Timbó, na tarde do último domingo (25/08), foi preso, após se apresentar espontaneamente com o seu advogado na Delegacia de Polícia Civil de Ipu.

Francisco Randolfo Moreira Damasceno, vulgo "Mata Broca", 53 anos, teve a Prisão Temporária decretada pelo juiz da Comarca de Ipu Dr. Fábio Rodrigo Sousa, pedida pelo delegado Dr. Rômulo de Oliveira Melo. A Prisão Temporária ´de 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período.

Em seu depoimento o acusado declarou que não tinha interesse de usar arma para nada (revólver calibre 38), pagou R$ 200,00 (duzentos reais) na arma e que a perdeu quando saiu fugido, após o fato. O mesmo teria se escondido no distrito de Donato-Pires Ferreira. 

Declarações da vítima: "Até agora ele está foragido, a munição ainda está alojada no meu ombro esquerdo. Eu perdi muito sangue, estou com uma anemia profunda. Os médicos disseram que eu não morri por pouco. No dia 26 vou fazer outra cirurgia para retirar o projétil. 

Lesão após procedimento.
Vítima no dia da ocorrência.
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·