(Ipu-CE) Há uma grande probabilidade de vir a ser confirmado a presença do vírus da Peste Suína em Ipu


Ipu está na iminência de entrar no rol das cidades cearenses que foram afetadas pela incidência da Peste Suína, conforme declarou, via emissora de rádio, o Dr Amorim, Diretor de Sanidade Animal da Adagri. A morte suspeita de porcos no distrito de Abílio Martins trouxe a suspeita da presença do vírus no município. Com a coleta de sangue dos animais suspeitos, haverá ou não a confirmação que os porcos de Abílio Martins morreram em decorrência da Peste Suína.

Na manhã desta quinta-feira (01/11) técnicos da Ematerce, Adagri e Secretaria Municipal de Saúde e de Agricultura estiveram reunidos para traçar estratégias de controle e contenção sanitária para coibir o alastramento da doença na totalidade do município e para outros circunvizinhos, caso a doença seja confirmada.
 
Segundo o médico veterinário Muniz, Coordenador da Adagri de Ipu, os sintomas característicos da Peste Suína são: hemorragia, que pode levar à morte; febre alta; falta de coordenação motora; orelhas e articulações azuladas; vômitos, diarréia; falta de apetite; esterilidade e abortos. Leitões são mais fáceis de serem acometidos. Muniz asseverou que em havendo suspeita, o criador deve, obrigatoriamente, comunicar a qualquer das seguintes autoridades competentes: Adagri, Ematerce, Secretaria de Agricultura de Ipu e Vigilância Sanitária. 

Cabe salientar, que por se tratar de uma doença viral, as formas de contaminação podem ocorrer por vários meios: alimentos ou água contaminados; animais infectados; veículos e instalações contaminados; contato com cadáveres de animais infectados; equipamentos contaminados, roupas e calçados de indivíduos que mantiveram contato direto com animais doentes ou em período de incubação da doença (em geral a incubação é de 4 a 6 dias, com um intervalo de oscilação de 2 a 20 dias).
 
expresso Ipu
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·