Violência: Mulher é surrada impiedosamente pelo companheiro em Ipu-Ce

 

Um caso de violência doméstica; mulher do Sertão do Ipu foi bastante surrada pelo companheiro, sem nenhum motivo aparente e conclama à justiça para que o seu agressor seja colocado atrás das grades, e enquadrado na Lei Maria da Penha.

A vítima de nome Deijane, 31 anos, disse que o fato se deu na localidade de Carcará, zona rual de Hidrolândia, onde estava morando com o seu companheiro de nome Raimundo Nonato de Sousa, 42 anos. Os dois estavam juntos há quatro meses, e as primeiras agressões físicas começaram na última segunda-feira (30/04), quando ele chegou embriagado em casa e sem nenhum motivo aparente, alegando que a mesma colocava macho em casa passou a bater muito forte na pobre mulher.

Nesta quarta-feira (02/05) as agressões voltaram a acontecer e dessa vez, ele usou para maltratar a companheira; pau, foice e facão, batendo na mesma com "pano" de foice e facão. A vítima dos mau-tratos, está cheia de hematomas, veio ao Ipu fazer a denúncia, mas infelizmente por questões de jurisdição o fato tem que ser registrado na cidade do ocorrido, mesmo ela sendo da localidade de Malhada Vermelha, Sertão do Ipu, bem como toda a sua família. Inadmissível que em pleno século 21 uma mulher ainda sofra brutalidades dessa natureza nas mãos de um homem que se acha o machão, o valentão!


Confira na sonora abaixo a entrevista com a vítima das agressões e o desabafo, a angústia, a revolta de sua mãe:  


 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·