Unidos, sem Sávio seremos mais forte

Elias Guilherme

CARTA ABERTA AO GRUPO DE OPOSIÇÃO DE IPU

Opositores, precisamos conversar.

Precisamos entender que uma oligarquia está instaurada em nossa cidade e que como em toda oligarquia a organização entre seus membros é a base da centralidade de poder. Não vamos conseguir derrota-la dividindo nossa força política, precisamos de um consenso.

É importante entender que a política de Ipu passa por um novo momento e desta forma  reconhecer que a aliança entre Carlos e Pereira, que garantiu a ultima vitoria do grupo em 2008, entrou em colapso em 2012 e desde então o então grupo de oposição passa por dificuldades de rearticulação e entendimento entre suas principais lideranças.

Isto é super prejudicial para a oposição, assim como envolvimento direto do ex chefe político do grupo, ex prefeito Sávio Pontes, que insiste em se apresentar como principal liderança do grupo.

Sávio é uma liderança robusta e carismática dentro da oposição, conta com a simpatia e a gratidão de muitos de seus membros, mas infelizmente sua força política é limitada e incapaz de bater de frente com a oligarquia Rufino.  Seu desgaste é superior a sua aceitação. Comerciantes, funcionários públicos e outros atores importantes  da sociedade Ipuense não confiam mais em um grupo que conte com a pouca ou muita liderança exercida por ele.

O desgaste de Sávio dificulta a soma de força política vinda do lado adversário. Tem muitas lideranças insatisfeitas com a falta de divisão de poder dentro do grupo liberdade e essas lideranças terão que permanecer presas a oligarquia Rufino se a oposição não apresentar um cenário confortável para agrega-las.

Pelo bem da oposição, Sávio precisa se afastar e deixar que o grupo de oposição encontre seu rumo. Acredito muito na liderança do jovem Diego Carlos, vejo nele o potencial necessário para representar o Ipu que todos queremos.

A divisão que se desenha hoje na oposição parte do possível apoio que Sávio pretende dá a Patrícia Aguiar, esposa de seu amigo particular Domingos Filho a deputada estadual. Esse possível racha na oposição pode já ser o passaporte da nossa derrota em 2020. Um reino dividido dificilmente próspera.

Tambem não concordo com o apoio de parte importante do grupo, entre eles as lideranças Diego e Toinha, a mais uma candidatura de Sérgio Aguiar a deputado Estadual, mas to dispoto a ficar na minha e guardar o que penso a respeito do apoio a este deputado se esse for o consenso do grupo.

Esse é um momento muito delicado para a oposição, precisarmos provocar esse debate e juntos fazer uma autocritica.  Quero deixar bem claro que não tenho nenhum problema pessoal contra Sávio, contínuo admirando ele como ser humano mas como político precisa se afastar para a oposição renascer.

UNIDOS, SEM SÁVIO (Infelizmente) SEREMOS MAIS FORTES.

Ipu, 22/01/2018.

-Elias Guilherme
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·