Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Já se passaram 2 anos, e a pergunta que não quer calar: cadê o dinheiro do estádio ( difuntão) da Várzea do Giló?


Essa é uma pergunta da população, sobretudo dos desportistas do distrito mais importante do município de Ipu; Várzea do Giló. Para onde foi mais de meio milhão de reais; verba específica para a construção do Estádio de Várzea do Giló?
Faz tempo que muita gente não acredita, tanto que colocaram o apelido de "Difuntão" de Várzea do Giló, acreditando que o estádio tão sonhado e prometido já nascera morto. O terreno onde foi feito uma terraplanagem, está tendo a sua utilidade, haja vista, por iniciativa dos desportistas locais, colocaram as traves, e onde seria uma Infraestrutura Esportiva, construção de um Estádio com Vestiário, conforme a descrição da Placa da Obra, virou somente um campo de futebol e nada mais que isso.
A Placa da Obra tem como data de início: 14 de maio de 2015 e o término da obra 14 de setembro de 2015, ou seja já se passaram 2 anos, e só aumenta o desalento, desânimo dos desportistas de Várzea do Giló, concernente ao estádio de futebol, lançado com muita festa, maquete eletrônica, foguetório e no nosso dialeto nordestino, muita "foba".
 
 
O jovem blogueiro de Várzea do Giló, garoto promissor no mundo midiático, de nome Erisdan Maciel que assina o Site Erisdan News, publicou a seguinte declaração em sua Página Pessoal no Facebook: "Agora muitas dúvidas estão surgindo a respeito do prefeito Sérgio Rufino. Queremos saber onde foram parar os R$ 506.274,33, que deviam ter servido para a construção do Estádio de Várzea do Giló? O que fizeram com esse dinheiro? Cadê? Muitas perguntas! Poucas respostas! Estamos prestes a iniciar uma campanha não favorável ao senhor prefeito de Ipu! Em breve a equipe do Erisdan News vai iniciar uma nova campanha: #ForaSérgioRufino. Confiamos na pessoa errada?"
    repórter Chico Zé
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·