Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Município de Ipu possui dois casos confirmados de CHIKUNGUNYA em 2017


Com a circulação endêmica de três arbovírus (dengue, chikungunya e zika), novos cenários epidemiológicos são identificados no Ceará em 2017. Há ocorrência epidêmica de arboviroses, principalmente se consideradas as notificações de casos chikungunya. 

Desta forma, todo o PROCESSO DE VIGILÂNCIA, desde a notificação, investigação e análise do perfil epidemiológico e principais áreas acometidas, além do MANEJO CLÍNICO adequado do paciente e ações de CONTROLE VETORIAL devem ser enfatizadas e intensificadas pelos profissionais de saúde e gestores dos municípios.

Segundo dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Ceará (SESA), a cidade de Ipu, até o dia 02 de junho, apresentou 14 notificações de dengue, porém sem nenhuma confirmação para o momento. Em relação a Chikungunya, foram 6 notificações, dos quais duas foram confirmadas. Não há casos de notificação de Zica no município em tal boletim.

Chama atenção o Índice de Infestação Predial (IIP) de Ipu que está em 5,67%. O índice de infestação para o mosquito Aedes aegypti nas residências está acima da taxa recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é menos de 1%. Tal índice equivale a relação entre o número de imóveis onde foram encontradas larvas do mosquito e o montante de residências pesquisadas.
informações Dr. RR
 

      
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·