Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Cenários de minha terra cheia de encantamentos e um pedido de socorro


Já não sou mais criança, mas também não sou uma velha, sou madura o suficiente para expressar aqui os meus desejos, sonhos, tristezas, medos e perspectivas.

Desde o meu nascimento até hoje vivenciei vários fatos e acontecimentos, alguns me deixaram muito feliz, outros, no entanto, me fizeram entristecer e sem me conter meus olhos marejaram de lágrimas.

Conheci várias pessoas desde os indígenas, portugueses até mesmo famosos da televisão como: Jerry Adriane, Ivete Sangalo, Vítor e Léo, Xandy avião, Solange e mais recentemente Bruno e Marrone, e tantos outros.

Sou de uma época em que a família e a sociedade preservavam os valores morais e éticos.

Presenciei belas festas no grêmio ipuense, grandes carnavais na Bica do Ipu, na Churrascaria o Teixeira e divertidos vesperais na AABB. Tudo isso me deixava muito feliz.

Vi também grandes campeonatos de futebol, assim como o surgimento de vários craques de bola: Iracema, João de Deus, Ferreirinha, Luizinho Caburé, Petinha ,Peça, Hélio Lopes, Ozanan ,Aquiles sobrinho, Adauto Pontes, Pancha, Cordeiro, Alfinete, Expedito, Nenem Ipu, Hélio Louro,Marcilio Lima,Lulu,Luiz xv,Marcos Baú, Clodoaldo  e tantos outros que fizeram a alegria da população ipuense.

E com o passar dos anos, o progresso e as novas tecnologias foram surgindo. Vi o nascimento de várias emissoras radiofônicas como a Rádio Iracema e Rádio Regional, bem como o surgimento das FMs e também dos blogs, afinal estamos vivendo em um mundo globalizado e informatizado.

Vi o surgimento de novos prédios, casas e até mansões, vi também a destruição de boa parte de casarões que fizeram parte de uma história que tende a ser esquecida.Tive a felicidade de ver muitos ipuenses ser destaque em todos os setores como: cultura,  economia, política, educação, teatro, artesanato, artes plásticas, literatura, música e esportes.

Hoje, no entanto, fico a me perguntar onde foi que eu errei? Tive todo o cuidado e esmero em desenhar a mais bela queda d’água de toda região, para proporcionar  um lazer natural aos meus filhos, pintei as mais belas matas para oferecer um ar puro,  e a povoei com pássaros e pequenos animais silvestres sempre pensando no melhor para o meu povo.

Alguns de meus filhos me deram preciosos presentes como a Igrejinha, a Igreja Matriz, o Patronato, as escolas estaduais que garantem a educação do meu povo, a estação ferroviária que serviu durante muito tempo para levar e trazer de volta os meus queridos ipuenses. Todos estes presentes serviram para me tornar mais bonita e garbosa.No entanto, o tempo foi passando e muita coisa foi mudando e mudando para pior. 

Não sei mais quem eu sou, estou perdendo minha identidade, já não tenho mais alegria, não tenho mais grandes festas e muito menos carnaval. Até a minha religiosidade estou perdendo, são muitos templos e religiões o que me faz refletir que o mais importante é não perder a fé no criador. Meus filhos amados estão entorpecidos, alienados e o pior violentos e perversos. Estão roubando, matando e jogando meu nome na lama. Hoje sou vista como uma das cidades mais violentas da região, o tráfico está tomando de conta dos jovens, adultos e até mesmo crianças. O desemprego, a falta de segurança, a falta de saúde pública,  a falta de uma educação de qualidade, a falta de iluminação pública e muitos outros bens necessários ao bem estar da população estão massacrando as famílias ipuenses.

Faço um apelo aos meus filhos governantes: - Eu não sou propriedade particular de vocês, eu pertenço ao meu povo e o povo me pertence. Este povo que há mais de um século eu venho cuidando e protegendo.

Faço agora um apelo urgente aos meus filhos amados: -Não se entreguem aos caprichos de quem não os sabem governar, não se entreguem, lutem por dias melhores, exijam os seus direitos, vocês têm a força. Não me façam sofrer, estou deveras triste e preocupada com a minha vida e com a minha história. Se vocês me amam de verdade, atendam ao meu pedido.
De sua terra natal, Ipu.
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·