Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Fortes chuvas, raios e vendaval devem atigir o Ceará nesta sexta. Atenção Ipu, Ipueiras e Pires Ferreira!!



De acordo com a Defesa Civil do Estado, a intensidade e localização da chuva serão previstas apenas com algumas horas de antecedência e com a utilização de radares meteorológicos ( José Leomar )

O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Ministério da Ciência e Tecnologia, emitiu, nesta quinta-feira (2), um relatório que alerta para a possibilidade de chuvas intensas em mais de 120 municípios cearenses nesta sexta-feira (3). Segundo o aviso meteorológico, há possibilidade de vendaval, tempestade de raios e acumulado de chuva durante todo o dia.
De acordo com o alerta, que compila dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), sete estados serão afetados pela condições meteorológicas previstas para esta sexta-feira. Além do Ceará, Pará, Piauí, Tocantins, Goiás, Maranhão e Amapá devem registrar fortes chuvas durante o dia.
De acordo com a Defesa Civil do Estado, a intensidade e localização da chuva serão previstas apenas com algumas horas de antecedência e com a utilização de radares meteorológicos. Confira a lista completa de municípios afetados clicando aqui.
Funceme minimiza
Apesar de confirmar os dados do CPTEC, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) informou que o alerta emitido não precisa se transformar em motivo de preocupação para os cearenses nesta sexta, pois segue os padrões apresentados pelo Estado neste mês.
"Março é o período de maior média de chuvas no Ceará. É normal que exista possibilidade de rajadas de vento, relâmpagos e trovões em algumas regiões", informou a Funceme, através de sua assessoria de imprensa. A Fundação também informou que já registrou fortes chuvas em algumas regiões do Estado na noite desta quinta-feira.
Orientação
Em caso de risco ou ocorrência de inundação, enxurrada ou alagamento, a Defesa Civil afirma que os moradores devem seguir as orientações de emergência da sua comunidade, além de desligar a chave geral de energia e fechar o registro de água, manter documentos pessoais, objetos de valor, produtos de limpeza e alimentos em local protegido, levar o lixo para uma área fora do alcance da água, além de tomar uma série de outras medidas, que podem ser conferidas neste link.
A Defesa Civil também pede para que as pessoas avisem imediatamente ao Corpo de Bombeiros Militar (fone 193) e ao órgão municipal de proteção e defesa civil (em Fortaleza, número 190. Em outros municípios, acesse o contato aqui) sobre as áreas afetadas pela inundação e solicitem o auxílio necessário. 
Fonte: Diário do Nordeste
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·