Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Governo decide extinguir TCM, dispensar seis conselheiros e manter apenas Ernesto Saboia

João Jaime e Audic Mota fizeram acordo para manter conselheiro na vaga de Teodorico Menezes.Governo decide extinguir TCM, dispensar seis conselheiros e manter apenas Ernesto Saboia
O ex-governador Cid Gomes (PDT) quer agora, além da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que os conselheiros do órgão sejam dispensados, e não mais deixados "em disponibilidade" do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE).
Dos sete conselheiros, apenas Ernesto Sabóia deve manter o cargo na unificação com o TCE, ficando com a cadeira de Teodorico Menezes no TCE. A proteção a Ernesto vem de um acordo acertado pelos deputados estaduais João Jaime (DEM) e Audic Mota (PMDB) com o Palácio da Abolição. Entre os conselheiros dispensados, estão Manoel Veras, mais antigo na Casa, e Pedro Ângelo, concursado.
Cid e Ciro Gomes (PDT) declaram guerra ao TCM após o Conselheiro e presidente eleito do órgão, Domingos Filho, apoiar a candidatura do deputado Sérgio Aguiar (PDT) à presidência da Assembleia, contra o atual presidente, Zezinho Albuquerque (PDT), aliado dos Ferreira Gomes.
"Ato de revanchismo"
Os irmãos usaram o deputado Heitor Férrer (PSB) como testa de ferro da vingança para protocolar, na Assembleia, a PEC 02/2016, que pede a extinção do TCM através da unificação com o TCE, considerado um órgão mais "obediente" aos desmandos da família Ferreira Gomes.
Além do apoio a Sérgio Aguiar, o TCM vem enviando relatórios, no âmbito da Operação Antidesmonte, apontando irregularidades em prefeituras cearenses, causando o afastamento de prefeitos da base de Cid e Ciro.
 
Fonte Ceará News 7
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·