Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Covarde, Ciro agora nega ter determinado com irmão Cid a extinção do TCM na Assembleia

Ex-ministro tenta jogar a culpa em deputado Heitor Férrer, que aceitou ser testa de ferro da vingança dos FGs.Covarde, Ciro agora nega ter determinado com irmão Cid a extinção do TCM na Assembleia
Frouxo por não assumir ter patrocinado o proposta de emenda constitucional, de autoria do deputado Heitor Férrer (PSB), e criticado por patrocinar a corrupção em todo o País, quando se diz arauto da moralidade, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) negou, através das redes sociais, ainda na quarta-feira (21), ter determinado, juntamente com irmão Cid Gomes (PDT), a extinção do Tribunal de Contas dos Municipios (TCM).
Sobrou, de novo, em primeiro lugar, para o deputado Heitor Férrer, que pagará a conta com o fim da carreira política, e, segundo, para o governador Camilo Santana (PT), que se mostra sem altivez para ocupar o cargo. É um pau mandado, como bem o define o deputado e seu ex-secretário Odilon Aguiar (PMB).
Desesperado com o bombardeio de acusações de estimular a roubalheira nas prefeituras do Ceará e tentando limpar a corrupção do seu irmão e prefeito eleito de Sobral, Ivo Gomes (PDT) - alvo em oito processos no extinto TCM que ficarão sem investigação - Ciro tentou se vitimizar, o que não combina com seu estilo:

 
Fonte Ceará News 7
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·