Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Temer participa de inauguração de nova sede da escola superior do TCU

Em evento, presidente Michel Temer ressalta importância do Tribunal de Contas da União na manutenção da transparência dos gastos públicos do País
Foto: Beto Barata/PR Temer discursou em cerimônia de inauguração de nova sede do Instituto Serzedello Corrêa
Temer discursou em cerimônia de inauguração de nova sede do Instituto Serzedello Corrêa
Nesta quarta-feira (23), o presidente Michel Temer participou da inauguração do Instituto Serzedello Corrêa, a Escola Superior do Tribunal de Contas da União (TCU). Durante a cerimônia, Temer ressaltou que o centro vai contribuir para o fortalecimento de medidas para aprimorar a transparência.
"A construção das salas, do ambiente acadêmico, do ambiente universitário de aprendizado que aqui se instalará vai aprimorar as instituições. Por aqui passarão mais de mil pela escola que não são apenas ligados ao Tribunal, mas que estão se aprimorando para contribuir com o Brasil. Portanto, estão produzindo um novo momento para o País, compatível com as necessidades do nosso Brasil", afirmou o presidente.
Foram inauguradas salas de aula que devem receber cerca de mil estudantes. No local serão ministrados cursos não só para os servidores do órgão, mas também de outras instituições públicas. O foco das disciplinas terá como temas a contratação de servidores, educação corporativa e gestão de documentos públicos.
Michel Temer afirmou ainda que o TCU é uma das instituições imprescindíveis para o cumprimento da transparência das contas públicas.
"A importância do Tribunal de Contas para cumprir o preceito da constitucional da transparência absoluta. Quando o artigo 37 da Constituição estabelece a regra da publicidade, da impessoalidade, está estabelecendo a necessidade da transparência. Mas transparência não é um atributo individual. Tem que ser concretizada, e a concreção concretização se dá pelos instrumentos governamentais, dentre eles, fundamentalmente, o TCU", ponderou o presidente.
O presidente também lembrou que a preocupação do TCU com a governança forneceu alternativas aos "estados, municípios e para a própria União,, em um sentido de colaboração que preside as tarefas do TCU, que é fundamental para a democracia neste momento por que passa o estado brasileiro".
"Na tese de reconstruir a patria e organizar o futuro é que nós todos temos trabalhado junto. Em primeiro lugar os poderes executivo, legislativo e judiciário, mas particularmente o tribunal de contas", afirmou.

Fonte: Portal Planalto
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·