Ciro Gomes acusa Capitão Wagner, Tasso e Eunício de usarem horário gratuito para agredir e caluniar


ciro

O ex-ministro Ciro Gomes, pré-candidato a presidente da República pelo PDT, elogiou, nesta quarta-feira, em coletiva, a administração do prefeito Roberto Cláudio (PDT). Para ele, a gestão tem muito ainda a fazer pela população e já mostrou, com obras que beneficiam a todos os setores, que está no caminho certo.
Ciro aproveitou para acusar o candidato a prefeito pelo PR, deputado estadual Capitão Wagner (PR), e os seus aliados políticos – os senadores Tasso (PSDB) e Eunício Oliveira (PMDB) de não terem “compromisso sequer com a democracia e com suas virtudes”.
Ele alfinetou: “Põe-se a usar e a abusar do horário dito gratuito, que, na verdade, é pago regiamente com dinheiro público, para insultar, agredir, caluniar na tentativa de desfazer convicções muito solidamente arraigadas na população”.
Ciro, que esteve conferindo a inauguração do Shopping RioMar Presidente Kennedy, disse deu outras indiretas em Tasso e Eunício:  “Nós somos respeitadores com o que está em jogo. Se o que está em discussão é o destino de Fortaleza, não faz nenhum sentido ficarem lideranças que não têm a ver com essa conjuntura usando esse espaço pra agredir, insultar, pra destruir a imagem dos outros”.
Sobre sua pré-candidatura a presidente em 2018, reafirmou a disposição de postular e lamentou que o pleito de Fortaleza esteja sendo usado por adversários para tentar desgastar sua imagem: “Todos eles querem usar a eleição de Fortaleza para desgastar uma possível candidatura minha a presidente, e eu não vou entrar nesse jogo. Eu serei candidato a presidente se o meu Estado e minha Cidade estiverem bem administrados”

Fonte (Colaborou repórter Irna Cavalcante, do O POVO)
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·