Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Governo estadual propõe aumento de 10,67% para servidores com remuneração mínima

Em reunião nesta segunda-feira, no Palácio da Abolição, com os sindicatos e associações que representam os servidores estaduais, o governador do Estado apresentou ao funcionalismo suas propostas de reajuste, considerando a conjuntura econômica de crise.
Reajuste linear de 10,67% para todos os servidores que recebem remuneração mínima; reajuste não linear para os demais servidores estaduais, com negociação por categoria, corrigindo distorções e garantia de antecipação da primeira parcela do 13o. salário de todos os servidores para o dia 5 de julho próximo.
Segundo o governo estadual também está assegurado o diálogo permanente com todas as categorias para discutir melhorias salariais, melhores condições de trabalho, bem como o avanço da qualidade do serviço público.
As propostas, segundo o governador Camilo Santana, consideran a conjuntura desfavorável, "quando a maioria dos estados tem atrasado o pagamento dos seus servidores, ao contrário do Ceará, e após uma série de reuniões realizadas na Mesa Estadual de Negociação".
Servidores frustrados - A posição do governo na reunião desta segunda-feira acabou frustrando os servidores estaduais do Ceará, que acreditavam no anúncio de um reajuste de 12,6%. No último sábado (4), representantes do Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec) afirmaram que não descartavam uma greve geral no caso de as reivindicações não serem atendidas. Agora, resta saber qual será a posição dos trabalhadores. 
Camilo explica reajuste no FacebookEm participação ao vivo pelo Facebook, Camilo explicou que o governo estava avaliando como a economia cearense iria se comportar nos cinco primeiros meses do ano. Ele disse que o momento era difícil e citou a queda do Produto Interno Bruto (Pib), a instabilidade da política e a crise hídrica como pontos agravantes. 
Camilo Santana explicou também que houve um aumento da arrecadação própria e uma queda na arrecadação oriunda do governo federal, do fundo de participação do estado. Respondendo a perguntas dos internautas, ele reforçou o anúncio do reajuste e do pagamento do 13º. “Anunciamos que mantemos o reajuste de 10,7% para todos os servidores que recebem remuneração mínima no Estado e para as demais categorias vamos negociar com cada um.  Anunciei que irei pagar a primeira parcela do 13º salário no dia 5 de julho”, esclareceu.
 
Fonte Diário do Nordeste via Aconteceu Ipu
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·