Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Feira em Crateús reúne produtores de 35 cidades

A iniciativa tem o apoio de entidades internacionais e nacionais com a pretensão de difundir a Agricultura Familiar e o cultivo de produtos orgânicos, 100% livres de agrotóxicos, como o plantio de alface orgânica
Crateús. Esta cidade, dos Sertões de Crateús, promove, hoje e amanhã, a XII Feira Regional de Agricultura Familiar e Economia Popular Solidária. O evento é considerado o mais importante do ano para a agricultura da região. Os organizadores esforçam-se para alcançar o mesmo sucesso dos anos anteriores, atraindo cerca de 20 mil visitantes de todas as regiões do País.

Já foi confirmada a participação de até 35 municípios do Estado. A maioria dos produtores de base agrícola familiar é oriunda do sertão dos Inhamuns/Crateús. A feira reúne agricultores que, com dedicação e esforço, enfrentam as dificuldades da prolongada estiagem e, a partir de organização e assistência técnica, conseguem produzir de forma ecológica, sem uso de agrotóxico.
>Começa hoje Exposição de Produtos no Crato
O evento contará com empreendedores do Ceará, Piauí, Maranhão e Minas Gerais, já confirmados. A abertura oficial para o público será a partir das 19h desta quinta-feira, na Praça Gentil Cardoso. Serão mais de 500 feirantes levando ao público todo o potencial dos pequenos produtores rurais da região, com o grande diferencial da venda de forma direta ao consumidor.
Atrativos
O melhor da feira é a qualidade dos produtos, frescos, direto das áreas de produção, saudáveis e 100% orgânicos. "Não usamos nenhum tipo de agrotóxico", disse o agricultor João Gonçalves. Para os visitantes, ainda se soma o benefício do preço justo, considerando que, logo no primeiro dia de evento, os feirantes realizam uma assembleia para decidir os valores de cada produto.
Além dos mais variados itens da agricultura familiar, como queijo, leite, nata, mel, legumes e frutas, o local reunirá muito artesanato regional e a famosa Cozinha do Sertão, com oferta de pratos típicos - mugunzá, maria izabel (arroz atolado com carne), churrasco de carneiro, milho assado, caldo de cana-de-açúcar e até cachaças artesanais produzidas em tribos indígenas. Entre as novidades, haverá a exposição também de ovinos e caprinos, com direito a premiação.
A realização do evento conta com a participação de mais de 20 instituições, incluindo entidades públicas e não governamentais em nível nacional e internacional, com a coordenação geral da Cáritas Diocesana de Crateús, Prefeitura Municipal de Crateús e Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece).
Renda
Segundo os organizadores, o evento pretende ser referência para o Nordeste e possui representatividade como um símbolo de resistência do sertanejo. A ideia é evidenciar a importância do trabalho das famílias que sobrevivem da atividade.
"Entendemos o quanto é importante chamar a atenção para as dificuldades desses produtores que convivem diretamente com a estiagem que assola o Semiárido, mas ainda conseguem produzir, gerando renda por meio da Agricultura Familiar", observou Glória Carvalho, uma das organizadoras.
Os promotores esperam dos gestores públicos a adoção de políticas públicas no segmento da agricultura de base familiar. "Esse é o nosso esforço maior", afirma a assessora da Cáritas Regional Ceará e uma das organizadoras da Feira, Glória Carvalho.
A programação do evento inclui apresentação culturais e artísticas. À noite, a Praça Gentil Cardoso será palco de muita poesia a apresentações de estilos musicais para todos os gostos.
 
Fonte Diário do Nordeste
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·