Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!
Em um acordo da delação de Did, existe uma referência ao seu irmão Sérgio, que trabalhou por quase vinte anos no Credit Suisse
A delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, homologado por Teori Zavacski há dez dias, não inclui apenas o seu filho Expedito Neto, conhecido como Did, que gere um fundo de investimentos em Londres, Inglaterra. O acordo inclui também Sérgio Filho e Daniel seus outros dois filhos, que assim como Did e seu pai, tiveram suas delações homologadas por Teori no último dia 25. As informações são do blog do jornalista Lauro Jardim, do O Globo.
Em um acordo da delação de Did, existe uma referência ao seu irmão Sérgio, que trabalhou por quase vinte anos no Credit Suisse, banco suíço de investimentos, onde saiu há dois meses. Did relatou que consultou Sergio Filho sobre investimentos, mas não revelou que o dinheiro do investimento era oriundo de propinas e sim que era relacionado aos negócios de educação da família, além das atividades empresariais que possuía com seu irmão Daniel, também relator, segundo a delação.
Esse seria o motivo de Sergio Filho ter celebrado o acordo de colaboração. Segundo interlocutores próximos da família, Sergio Filho rompeu relações com a família no início da operação Lava-Jato.
Redação O POVO Online
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·