Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Comissão do Impeachment corta nomes de ex-ministros e Ciro não irá depor em defesa de Dilma

A "sessão histórica" da Comissão do Impeachment com o depoimento do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) vai ficar para uma próxima vez. O pedetista iria depor como testemunha de defesa da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), mas a Comissão indeferiu o nome do cearense e do ex-ministro Luiz carlos Bresses-Pereira.
O advogado de Dilma no processo, José Eduardo Cardozo, criticou a decisão da Comissão. "A explicação é que eles não tinham relação direta com os fatos. Mas, ora, pessoas dessa natureza e tantos outros juristas que foram chamados e que podem demonstrar a inconsistência jurídica da acusação teriam de ser ouvidas. É direito da defesa que pudessem ser ouvidas. Assim, todavia, não foi admitido".
O advogado reclama ainda que o procedimento de perícia técnica não foi admitido. "não tenho a menor dúvida que uma perícia isenta demostrará a clara correção de comportamento do governo comandado pela presidenta Dilma Rousseff, tanto no caso dos decretos de aberturas suplementares, como das chamadas pedaladas fiscais do ano de 2015".
A etapa de oitivas de testemunhas começou na semana passada e tem se focado na convocação de técnicos do Tribunal de Contas da União e do governo para esclarecimento de detalhes fiscais sobre os gastos do governo Dilma Rousseff.

Fonte Ceará News 7
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·