Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Brasil 7x1 Haiti: Placar emblemático em rival modesto

Meia do Liverpool, Philippe Coutinho, foi o artilheiro da noite em Orlando, anotando três gols no triunfo brasileiro diante do fraco time haitiano. Equipe agora enfrenta o Peru, pela última rodada da fase de grupos no próximo domingo, 12 ( FOTO: AFP )
Nada como pegar um adversário fraco para aliviar a pressão. Desde que se saiba aproveitar. E o Brasil soube. Goleou o Haiti na noite dessa quarta-feira, no estádio Camping World, em Orlando (EUA), num jogo em que, apesar da goleada, o show ocorreu nas arquibancadas, com a empolgação e o amor dos haitianos à sua seleção. E, ironia, o Brasil ganha de 7 a 1.
Assim, a equipe nacional vai domingo enfrentar o Peru com grandes chances de assegurar o 1º lugar no Grupo B.
É até difícil analisar um jogo em que a diferença técnica entre as duas equipes é abissal como foi o da noite de ontem. Dizer que o Brasil nem precisou se esforçar não é exagero. O time teve o mérito que criar jogadas pelos lados, fazer tabelas, ser objetivo. É verdade também que o oponente nada tinha além da força física para tentar resistir. Ou seja, não ofereceu resistência.
Durante todo o jogo, o melhor foi observar o entusiasmo da torcida do Haiti. Os caribenhos deram um show nas arquibancadas. Vibravam com defesa do goleiro Patrice, com desarmes, com chutes para fora do Brasil - como o de Willian cobrando falta logo aos 2 minutos. Quando o time haitiano conseguia chegar perto do gol, então...
Mas não dava para os haitianos sonharem. Aos 13 minutos, Phillipe Coutinho acertou uma bomba de fora da área: 1 a 0.
O Brasil jogava fácil, fez o segundo, de novo com Coutinho, após cruzamento de Daniel Alves e de toque de Jonas, o terceiro (Renato Augusto marcou de cabeça) e poderia ter feito mais.
A superioridade brasileira se manteve no segundo tempo. Gabriel, que entrou no lugar de Jonas, ampliou aos 13. Aos 22, Lucas Lima fez de cabeça o quinto.
Após Marcelin diminuir, marcando o 1º gol da história de sua seleção contra o Brasil, Renato Augusto fez o sexto e Coutinho, já nos acréscimos, marcou o sétimo da Seleção Brasileira: 7 a 1.
Ficha técnica
Brasil 7
Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Gil e Filipe Luís; Casemiro (Lucas Lima), Elias(Walace), Renato Augusto, Willian e Philippe Coutinho; Jonas (Gabriel)
Técnico: Dunga
Haiti 1
Placide; Goreux, Genevois e Mechack Jérôme; Alcénat (Maurice), Jean Alexandre, Lafrance, Marcelin, Jeff Louis e Jaggy; Belfort (Nazon)
Técnico: Patrice Neveu
Copa América Centenário
Fase de Grupos - Chave B
Estádio: Camping World, em Orlando (Flórida), EUA
Data: 8 de junho de 2016 Público: 28.241 pagantes
Árbitro: Mark Geiger (EUA) Assistentes: Joseph Fletcher (Canadá) e Charles Morgante (EUA)
Gols: P. Coutinho (13, 28/1ºT e 46/2ºT); Renato Augusto (34/1ºT e 40/2ºT), Gabriel (13/2ºT), Lucas Lima (21/2ºT); Marcelin (24/2ºT)
Cartões amarelos: Goreux (HAI); Casemiro (BRA)
 
Fonte Diário do Nordeste
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·