Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Presidente da Assembleia chama Adail Carneiro de traidor por ele ter votado a favor do impeachment

Adail Carneiro na hora de votar. Disse sim pelo afastamento de Dilma Rousseff Adail Carneiro na hora de votar. Disse sim pelo afastamento de Dilma Rousseff A mudança na direção regional do PP no Ceará, com a saída de Padre Ze Linhares e a ascensão do deputado federal Adail Carneiro, foi motivo de caloroso debate na manhã desta quarta-feira (27) na Assembleia Legislativa do Ceará. O conflito teve início a partir do pronunciamento do deputado Fernando Hugo, que também é do PP, e condenou a atitude do colega parlamentar ao votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Fernando Hugo acusou Adail de oportunismo político, após ter anunciado em palanque no Ceará, ao lado do ex-presidente Lula em Fortaleza, que votaria contra o impeachment da presidente Dilma, mudou de lado e ganhou de presente o comando do PP cearense.
Além disso, Fernando Hugo ainda acusou Adail de não ter palavra, pois almoçou no domingo no Palácio Alvorada e lá, sem que fosse perguntado,confirmou ao governador Camilo Santana e à própria presidente Dilma seu voto contrário a seu afastamento.
Indignado, Fernando Hugo foi aparteado pelo deputado Ely Aguiar (PSDC), que defendeu a atitude do Adail Carneiro, ao ressaltar que o cearense atendeu decisão da direção nacional do PP. Quem também defendeu Adail foi o peemedebista Agenor Neto.
Diante da repercussão da discussão, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque, pediu licença da presidência da Casa, e na bancada dos deputados fez um contundente pronunciamento condenando o comportamento anti-ético de Adail Carneiro. Classificou-o de traidor ao não votar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e de inconfiável.
Zezinho ressaltou ainda que ajudou Adail Carneiro na sua transferência para o PP, e não esperava essa traição, mas justificou que irá ajudar seus amigos que foram para o PP, para que juntos com o presidente regional afastado Padre Zé Linhares, retomem o partido no Ceará. Uma missão impossível, segundo o presidente nacional, senador Ciro Nogueira. Para Ciro, o PP continuará sob a direção do deputado Adail Carneiro.

Fonte Ceará News 7
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·