Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Whatsapp para todos os programas. PARTICIPE!

Ciro Gomes chama Capitão Wagner de "vagabundo", volta a acusá-lo de assassinatos e diz que vai "atropelá-lo"

“Nós vamos passar por cima desse vagabundo, e não vai sobrar pedaço de milícia pra ninguém”.  
A declaração  partiu do ex-governador do Estado, Ciro Gomes, ao desferir mais um virulento ataque ao deputado estadual Capitão Wagner (PR). O fato ocorreu na última sexta-feira (4) na cidade de Sobral, durante uma entrevista. Ciro novamente acusou o parlamentar de ser chefe de milícia e de comandar assassinatos no Ceará.
“Você que gosta de estudar, faça um levantamento da curva dos homicídios no Ceará. Você verá que no dia do motim (greve de policiais militares) que ele comandou, houve uma explosão (de assassinatos), porque ele é ligado”, disse o ex-governador.
E foi mais além: “No dia que o Camilo (Santana) anunciou que caíram os homicídios no Ceará, no dia seguinte aconteceu uma chacina, ou uma onda de boatos. Esse tipo de coisas é que faz o tal de Wagner ter projeção”.
Ciro aproveitou, ainda, para alfinetar a pré-candidatura do Capitão Wagner à prefeito de Fortaleza  nas próximas eleições. “Agora, bota ele num debate na televisão para falar sobre Fortaleza, sobre os problemas de Fortaleza, o que é preciso fazer, Você vai ver o ridículo que vai ser. Nós vamos passar por cima desse vagabundo, com a mão do povo. Não vai sobrar pedaço de milícia pra ninguém”, repetiu.
A entrevista aconteceu nos estúdios da Rádio Educadora de Sobral, na última sexta-feira, durante o programa “Bastidores da Política”, retransmitido por mais duas emissoras da Região Norte.  Ao lado dele estavam  o prefeito de Sobral, Veveu Arruda; e o deputado estadual Ivo Gomes, irmão de Ciro.

Escute aqui o ataque de Ciro Gomes  

Fonte Ceará News 7
 
Copyright © 2012. RÁDIO REGIONAL - ·
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·