Total de Visualizações

Decidido o tempo de Rádio de cada Coligação de Ipu

Foto montagem Ipu Notícias
Em reunião na sexta-feira 19.08.2016, na sede do Fórum Francisco Pereira Pontes, da 21ª Zona Eleitoral Ipu-Ceará, nas presenças do Juiz Eleitoral Dr. Lúcio Alves Cavalcante, representante do Ministério Público Eleitoral Dr. Lázaro Trindade de Santana, representantes das Coligações que disputam as eleições em Ipu, Unidos Pela Inovação do Ipu Daina Carlos e Dr. Clemilton Costa, Partido da Social Democracia Brasileiro Adauto Soares Pontes e Balacó Farias, Liberdade e Compromisso Júnior Pereira, bem como os administradores das Rádio Regional AM Hélio Lopes, Iracema AM Dário Augusto e Cidade FM Nilson Costa foram sorteados e determinados os tempos de cada Coligação para o Horário da Propaganda Eleitoral Gratuito do TRE, para o cargo de Prefeito e Vice prefeito em dois horários; das 7h ás 7h10 e das 12h ás 12h10 de segunda a sábado, com início no dia 26.08.2016.
Liberdade e Compromisso > 4min 51seg (Sérgio Rufino e Antonieta Martins 65)
Unidos pela Inovação do Ipu > 4min (Diego e Ludmilla 12)
Partido Socialista Brasileiro > 1min 7seg (Balacó e Leidiane 40)
Veja abaixo os tempos de cada coligação!
Hélio Lopes Ipu

[Continue lendo...]

Ipu-CE: Agressão física a chicotada vira caso de polícia; vítima e acusado apresentam suas versões na Polícia Civil

 
Como era de se esperar a agressão física a chicotada, foi registrada na Polícia Civil, vítima e acusado apresentaram versões divergentes.
O fato foi registrado na Delegacia Regional de Tianguá, por volta dás 16h15, de domingo (21/08), pela vítima o senhor Raimundo Nonato Alves de Sousa, popular "Xoxô", 54 anos de idade, completados nesta segunda-feira (22/08). Lesão corporal dolosa é a natureza do fato.
Declarações da vítima: Declara que foi agredido fisicamente pela pessoa conhecida por "Luízão do Osório", o qual é irmão do atual prefeito do Ipu. Que o citado agressor desferiu contra o declarante uma chicotada, vindo o declarante a desmaiar no local, sendo logo após levado ao Hospital Municipal de Ipu, que na ponta do chicote do agressor haviam parafusos, que ao tocarem no declarante causaram golpes no mesmo. Disse ainda que o agressor jogou o cavalo por cima da sua esposa, porquanto deseja representar criminalmente contra o agressor.
Boletim de Ocorrência
Ficha de consulta do Hospital Municipal

Auto exame de corpo delito
O acusado da agressão a chicotada; senhor Luízão nega o cometimento do crime e registrou na Delegacia de Polícia Civil de Ipu, nesta segunda-feira (22/08), por volta dás 11h32, um B.O (Boletim de Ocorrência), acusando o senhor Raimundo Nonato Alves de Sousa, popular "Xoxô", de injúria.
Informa que estava participando de uma cavalgada em direção ao centro da cidade do Ipu, quando ao chegar próximo ao Posto São Cristovão; Raimundo de Sousa, de apelido "Xoxô", achando que a cavalgada se tratava de uma manifestação política, passou a xingar a todos que estavam no evento, que "Xoxô" estava embriagado, e chamou a todos inclusive a vítima de filhos de uma égua, filhos da puta, ladrões e outros nomes, apesar dos xingamentos, não chegou a agredir o "Xoxô", se houve agressões ao mesmo não foram cometidas por sua pessoa.

Fonte Repórter Francisco José (Rádio Regional)


Boletim de Ocorrência  
[Continue lendo...]

Faltam 40 dias para as Eleições 2016

AGOSTO – TERÇA-FEIRA, 23.8.2016

(40 dias antes)
  1. Último dia, observado o prazo de cinco dias contados da publicação do edital de candidaturas requeridas, para qualquer candidato, partido político, coligação ou o Ministério Público Eleitoral impugnar os pedidos de registro de candidatos apresentados pelos partidos políticos ou coligações (Lei Complementar nº 64/1990, art. 3º).
  2. Último dia, observado o prazo de cinco dias contados da publicação do edital de candidaturas requeridas, para qualquer cidadão no gozo de seus direitos políticos dar ao juízo eleitoral notícia de inelegibilidade que recaia em candidato com pedido de registro apresentado pelo partido político ou coligação.
  3. Último dia para os diretórios regionais dos partidos políticos indicarem integrantes da Comissão Especial de Transporte e Alimentação para o primeiro e eventual segundo turnos de votação (Lei nº 6.091/1974, art. 15).
[Continue lendo...]

Testemunhas da acusação serão as primeiras a depor na sessão final do impeachment

O procurador junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Júlio Marcelo de Oliveira, e o auditor do TCU Antônio Carlos Costa D'Ávila Carvalho Júnior, indicados pela acusação, serão as primeiras testemunhas a depor na sessão de julgamento do pedido de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, na próxima quinta-feira (25). Em seguida, serão ouvidas as seis testemunhas da defesa.
No total, serão oito testemunhas que poderão ser ouvidas, inicialmente durante dois dias de trabalhos no Plenário do Senado. De acordo com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, que presidirá a sessão, todo esforço será feito para esgotar essa etapa até sexta-feira (26). Mas ele não descarta a hipótese de os senadores também trabalharem na madrugada de sexta para sábado (27) e até mesmo no domingo (28).
Embora o julgamento ocorra em uma única sessão, haverá intervalos. Já estão acertadas pausas de 13h às 14h e de 18h às 19h. Também poderão ocorrer intervalos de meia hora a cada quatro horas, se necessário. Se interrompida, a sessão continuará no dia seguinte, às 9h. Encerrada a etapa em que as testemunhas serão ouvidas, os senadores retornam ao trabalho na segunda-feira (29) para fazer perguntas à presidente afastada.

Sem comunicação

Os primeiros dias da sessão de julgamento da presidente afastada Dilma Rousseff serão dedicados ao depoimento das oito testemunhas indicadas pela acusação e pela defesa, que serão chamadas separadamente, na ordem indicada no libelo acusatório e no contraditório ao libelo. Primeiro as da acusação e depois as de defesa.
Para cumprir as exigências processuais, o Senado terá que assegurar que nenhum contato aconteça entre elas. Por isso, as oito testemunhas ficarão hospedadas num hotel, em Brasília, inclusive as cinco que moram no Distrito Federal. As três que residem fora poderão chegar à cidade na quarta-feira.
Elas ficarão à disposição do Senado desde as primeiras horas da manhã de quinta-feira, incomunicáveis, sem acesso a telefone fixo, celular, internet e televisão. Policiais legislativos acompanharão as testemunhas durante todo o tempo e, além de garantir sua segurança, não permitirão que elas falem umas com as outras.
Esse cuidado é indispensável para evitar versões combinadas. As medidas estão previstas no Código de Processo Penal e são observadas em qualquer tribunal do júri. Enquanto uma estiver depondo, a outra não poderá estar assistindo. Cada testemunha somente será encaminhada ao Senado quando o depoimento da anterior estiver sendo concluído e ficará isolada numa sala nas dependências do Senado até ser chamada ao Plenário.

Perguntas e respostas

As perguntas serão feitas, primeiramente, pelo presidente da sessão, Ricardo Lewandowski. Depois, os senadores inscritos — as inscrições serão admitidas nas 24 horas anteriores à sessão — começarão a fazer perguntas por até três minutos, mesmo tempo que a testemunha terá para responder. Em seguida tanto o senador quanto a testemunha terão três minutos cada um para esclarecimentos complementares.
Depois que todos os senadores inscritos ouvirem as testemunhas, será a vez de acusação e defesa fazerem as perguntas por até seis minutos e mais quatro minutos para esclarecimentos. A resposta terá que ser dada dentro do mesmo tempo.
Pelo entendimento entre líderes partidários, ficou definido que não serão admitidas perguntas que induzam a resposta, que não tiverem relação com a causa e que sejam repetição de outra já respondida, mesmo que com palavras diferentes. Os questionamentos deverão ser feitos objetivamente, sem necessidade de fundamentação. E só poderá ser feita apreciação pessoal para as testemunhas se for inseparável da narrativa do fato.
Veja no quadro abaixo breve currículo das oito testemunhas convocadas, na ordem em serão chamadas durante o julgamento.
Testemunhas que serão ouvidas na sessão final do processo de impeachment
Convocadas pela acusação
Júlio Marcelo de Oliveira é procurador do Ministério Público junto ao TCU. Foi auditor de Controle Externo no TCU, tendo também atuado como chefe de gabinete de procurador-geral e de ministro do Tribunal de Contas da União. Antes, trabalhou como consultor legislativo no Senado Federal. É bacharel em Ciência da Computação e em Direito pela Universidade de Brasília (UnB).
Antonio Carlos Costa D’Ávila Carvalho Junior é auditor federal de Controle Externo do TCU, com atuação na Secretaria de Controle Externo da Fazenda Nacional e na Secretaria de Macroavaliação Governamental. Formado em Administração de Empresas e especialista em Orçamento Público, é professor de pós-graduação em Auditoria Financeira na Universidade de Brasília (UnB) e também do curso Apuração do Resultado Fiscal, da Escola de Administração Fazendária (Esaf).
Convocadas pela defesa
Luiz Cláudio Costa foi secretário-executivo do Ministério da Educação no governo de Dilma Rousseff. É professor de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Graduado em matemática (UFV), mestre em meteorologia agrícola (UFV) e doutor pela Universidade de Reading, Inglaterra. Liderou equipe de especialistas em mudanças climáticas da Organização Meteorológica Mundial (OMM) e da Organização das Nações Unidas (ONU), e presidiu o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).
Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo é professor titular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), foi secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, no governo de José Sarney, e secretário de Ciência e Tecnologia de São Paulo, na gestão de Orestes Quércia. Formado em Direito e Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP), Belluzzo tem pós-graduação em Desenvolvimento Econômico pela Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (Cepal) e é doutor em economia pela Unicamp.
Nelson Barbosa foi ministro do Planejamento e ministro da Fazenda de Dilma Rousseff. É formado em Economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre pela mesma universidade e doutor pela New School of Social Research, em Nova Iorque. Foi Presidente do Conselho do Banco do Brasil e membro do Conselho de Administração da Vale. É professor da Escola de Economia de São Paulo (FGV-EESP) e do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de janeiro (IE/UFRJ).
Esther Dweck é ex-secretária de Orçamento Federal. Graduada em Ciências Econômicas pela UFRJ, tem doutorado em Economia da Indústria e Tecnologia pela mesma universidade. É professora-adjunta do Instituto de Economia da UFRJ, na área de Macroeconomia, onde atua no momento. Foi chefe da Assessoria Econômica do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e subchefe de Análise e Acompanhamento de Políticas Governamentais da Casa Civil da Presidência da República.
Gilson Alceu Bittencourt atuou, no governo de Dilma Rousseff, como secretário de Planejamento e Investimento Estratégico do Ministério do Planejamento, secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda e secretário-executivo-adjunto da Casa Civil. Também foi secretário da Agricultura Familiar, no Ministério do Desenvolvimento Agrário. É engenheiro agrônomo, pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Análise de Políticas Públicas, pela Universidade do Texas, e mestre em Desenvolvimento Econômico, pela Unicamp.
Geraldo Luiz Mascarenhas Prado é consultor jurídico, graduado em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com mestrado e doutorado em Direito pela Universidade Gama Filho (UGF). É pesquisador do Centro de Investigação em Direito Penal e Ciências Criminais, da Universidade de Lisboa. Integrou comissão instituída pelo Ministério da Justiça para a reforma do Livro de Recursos e Ações de Impugnação no âmbito do Código de Processo Penal. Magistrado de carreira, aposentou-se no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no cargo de desembargador, em 2012.
Fonte  Agência Senado
 
 
[Continue lendo...]

Câmara aprova MP que prorroga Mais Médicos por três anos; texto vai ao Senado

Saúde - geral - Mais Médicos medicina interiorização atendimento saúde Nordeste sertão semiárido

Texto aprovado beneficia brasileiros formados no exterior e estrangeiros que trabalham no programa sem diploma revalidado no País
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta segunda-feira (22), a Medida Provisória 723/16, que prorroga, por três anos, o prazo de atuação dos médicos do Programa Mais Médicos contratados por meio de intercâmbio. O texto beneficia profissionais brasileiros formados no exterior e estrangeiros que trabalham no programa sem diploma revalidado no País. A matéria será votada ainda pelo Senado.

A MP, editada pela presidente afastada Dilma Rousseff, também prorroga por igual período o visto temporário concedido aos médicos intercambistas estrangeiros inscritos no programa do governo federal. De acordo com o Ministério da Saúde, a medida permitirá que sete mil profissionais permaneçam no País. Os prazos acabariam em outubro de 2016.

Segundo a lei que criou o Mais Médicos (Lei 12.871/13), o contrato de trabalho dos profissionais selecionados dura três anos. Nesse período, o médico recebe um salário chamado de “bolsa-formação”.

Da proposta aprovada na forma do projeto de lei de conversão do senador Humberto Costa (PT-PE), os deputados retiraram por meio de destaque do DEM a responsabilização administrativa do Poder Público em caso de não cumprimento da ordem de chamada dos médicos, conforme emenda do deputado Alan Rick (PRB-AC). A ordem prevista seria: primeiro, os formados no Brasil ou com diploma revalidado; depois, os brasileiros formados no exterior; e, por último, os médicos estrangeiros formados no exterior. Carência
De acordo com o governo, na época de sua criação foi feito um diagnóstico da escassez de médicos no País e ele indicava que as áreas e as populações mais pobres e vulneráveis eram as que contavam com menos médicos proporcionalmente.
O programa conta atualmente com cerca de 13 mil médicos estrangeiros devido à baixa procura pelos profissionais formados no Brasil.
A lei do programa prevê a necessidade de exame de revalidação do diploma para o médico estrangeiro poder atuar no Brasil fora do programa e a prorrogação da autorização para exercer medicina no âmbito do Mais Médicos evitará que o profissional deixe o programa para atuar em regiões onde há menos carência se ele optar pelo exame de revalidação do diploma.
Reivindicação
O governo afirmou que a prorrogação do prazo de atuação dos médicos foi pedida Frente Nacional de Prefeitos (FNP), pela Associação Brasileira de Municípios (ABM) e pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), que estariam preocupados com a descontinuidade dos serviços prestados pelos médicos intercambistas.
Criado em 2013, o Mais Médicos conta com 18.240 médicos, que atuam em 4.058 municípios e 34 postos de saúde voltados para a população indígena (Distritos Sanitários Especiais Indígenas - DSEI). O governo afirma que os profissionais prestam assistência para cerca de 63 milhões de pessoas.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Eduardo Piovesan
Edição - Alexandre Pôrto
[Continue lendo...]

Imprensa internacional elogia organização brasileira e aponta sucesso dos Jogos

Jornais como o New York Times, o Le Monde e o Washington Post destacam o desempenho dos atletas brasileiros e a recepção que os estrangeiros receberam no País
por Portal Planalto publicado: 22/08/2016 15h50 última modificação: 22/08/2016 16h45
Jornal norte-americano destaca sucesso dos Jogos Olímpicos Rio 2016
Jornal norte-americano destaca sucesso dos Jogos Olímpicos Rio 2016
A primeira Olimpíada realizada na América do Sul foi vista como um sucesso pela imprensa internacional. Nesta segunda-feira (22), um dia após o encerramento da Rio 2016, jornais de todo o mundo destacaram os pontos positivos do evento, como a organização, o bom desempenho dos atletas brasileiros e a recepção que os estrangeiros receberam no País.
No norte-americano The New York Times, por exemplo, a segurança dos Jogos e a superação de desafios logísticos foram ressaltadas. O jornal também lembrou que as críticas de que os Jogos significaram o uso inadequado de dinheiro público, em um momento de crise financeira no País, ficaram em segundo plano diante da capacidade demonstrada pelo Brasil em realizar as competições.
A publicação ainda elogia a revitalização do Rio de Janeiro como legado da Olimpíada e cita como exemplo o surgimento de um porto revitalizado, uma nova linha de metrô e melhorias no sistema de mobilidade urbana.
Também norte-americano, o Washington Post, por sua vez, considerou que os Jogos Rio 2016 exibiram resultados “brilhantes” conquistados pelos atletas e que a cidade anfitriã mostrou que está marchando em um "um caminho para uma vida feliz".
Os argentinos também concordaram que a realização dos Jogos no Brasil foi um “sucesso” e que o Rio de Janeiro demonstrou que pode fazer um evento dessa magnitude. Os espetáculos de abertura e encerramento da no Maracanã também foram ressaltados e comparados com o Carnaval carioca, seguido da afirmação de que se despedir do Rio deixaria uma "doce dor".
Outro jornal que engrandeceu a Rio 2016 foi o Le Monde, da França. Para o diário, "com o fim dos Jogos Olímpicos, o Brasil vira uma página da história durante o qual demonstrou a sua capacidade de organizar o maior evento esportivo global".
Já para o britânico The Guardian, a Olimpíada foi um verdadeiro sucesso, por motivos como o controle do surto do zika vírus e melhorias no transporte urbano do Rio de Janeiro. Apesar das especulações e questionamentos sobre a segurança que ocorreram antes do início dos Jogos, o diário evidencia que não houve nenhum atentado terrorista no País durante as competições.

Fonte Blog do Planalto
[Continue lendo...]

Eleições em Fortaleza – A influência de padrinhos “nada mágicos”


“Antes exposto sob holofotes na hora de alavancar candidaturas, o apoio de “padrinhos” pode ir de trunfo para motivo de constrangimento na eleição deste ano em Fortaleza. Dados da pesquisa O POVO/Datafolha mostram que, na disputa pelo Paço Municipal, a ajuda de figurões da política local ou nacional mais atrapalha do que ajuda os candidatos.
O desencanto pode gerar estratégia inusitada, com postulantes escondendo seus apoiadores ou tentando revelar nomes por trás dos adversários para denegri-los. Pesquisa sugere cuidado no uso de figuras como Camilo Santana (PT), Cid Gomes (PDT), Tasso Jereissati (PSDB), Michel Temer (PMDB) ou o ex-presidente Lula (PT).
Para quem está na disputa, o efeito negativo pode ser maior se recorrer ao presidente em exercício Michel Temer, com 84% dos ouvidos pela sondagem dizendo que não votariam em candidato indicado pelo peemedebista.
Coligado ao PMDB, Capitão Wagner (PR) tem evitado uso da imagem de Temer na campanha. Páginas contrárias à sua candidatura nas redes sociais, no entanto, têm abusado da associação para atacá-lo.
O ex-presidente Lula continua sendo nome mais influente na hora de conquistar o fortalezense, com 30% dizendo que votariam em candidato defendido por ele. Na Capital, o apoio do líder petista sempre foi dos mais cobiçados, com vários candidatos disputando sua adesão.
Em 2012, no entanto, o mesmo índice era maior: 49%. A rejeição a um afilhado de Lula, por outro lado, aumentou, passando de 32% no último pleito para 54% neste ano. Mesmo com a perspectiva negativa, apoio do ex-presidente ainda deve ser explorado por Luizianne Lins (PT).
Tasso lidera no Ceará
Mesmo com a sombra de Temer na campanha, Capitão Wagner conta com o líder mais popular entre seus aliados no Estado. Segundo a pesquisa, 23% dos eleitores disseram que votariam em candidato apoiado pelo senador Tasso Jereissati (PSDB).
O índice é maior que o do ex-governador Cid Gomes (PDT), 18%, e do governador Camilo Santana (PT), 15%. O apoio deles é explorado por Roberto Cláudio (PDT), com o petista participando de atos de campanha do prefeito.
Influencia-de-apoios
Para o cientista político Felipe Albuquerque, pesquisador da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), o impacto negativo é consequência do descrédito tanto de instituições tradicionais quanto dos políticos.
“As crises econômica e política passam ao cidadão o sinal de que políticos que estão aí são incapazes de resolver os grandes problemas”, afirma.
“A hiperexposição da Lava Jato tomou conta do imaginário. O político pode ser até honesto, mas, se for de partido tradicional, sofrerá consequências”, diz. Ele destaca caso de 1989, quando crise institucional acabou prejudicando Ulysses Guimarães e beneficiando seu rival, Fernando Collor de Mello.

Fonte (O POVO – Repórter Carlos Mazza)
[Continue lendo...]

Tite convoca Seleção Brasileira

Treinador resolve dar nova chance ao volante Paulinho e também convoca sete jogadores da seleção olímpica Lista foi divulgada nessa segunda, na sede da CBF, no Rio ( FOTO: LUCAS FIGUEIREDO / MOWA PRESS )
O técnico Tite anunciou ontem a sua primeira lista de convocados à frente da Seleção Brasileira e incluiu várias novidades, com os retornos de nomes como os do volante Paulinho e do lateral-esquerdo Marcelo, na relação de 23 jogadores chamados para os duelos contra Equador e Colômbia pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, que serão disputados no início de setembro.
A lista também conta com sete nomes de jogadores que conquistaram no último fim de semana a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, casos de Neymar, Renato Augusto e Weverton, todos que ocuparam as vagas destinadas a jogadores com mais de 23 anos, além dos zagueiros Marquinhos e Rodrigo Caio e dos atacantes Gabriel Barbosa e Gabriel Jesus.
Paulinho e Marcelo participaram da Copa do Mundo de 2014 pela seleção brasileira, mas, desde o retorno de Dunga ao comando da seleção, pouco vinham sendo aproveitados, especialmente o volante. Agora, porém, estão prestes a voltar a utilizar a camisa da equipe nacional.
Tite também resolveu apostar em jogadores que vêm se destacando no futebol nacional, casos do lateral Fagner, que até recentemente vinha sendo dirigido pelo próprio treinador no Corinthians, do volante Rafael Carioca, do Atlético Mineiro, e do meia santista Lucas Lima.
O treinador também incluiu na relação nomes que podem ser considerados como surpreendentes, como o meia Giuliano, que nas últimas semanas trocou o Grêmio pelo russo Zenit, e o atacante Taison, do ucraniano Shakhtar Donetsk.
A convocação anunciada ontem já estava pronta desde a semana passada, em razão do prazo estipulado pela Fifa para comunicação aos clubes.
Tite foi contratado para dirigir a Seleção Brasileira após o fracasso da equipe na Copa América Centenário, nos Estados Unidos, onde foi eliminada na fase de grupos. E ele chega precisando conquistar bons resultados, afinal, o Brasil está fora da zona de classificação para o Mundial de 2018, na Rússia.
A estreia de Tite no comando da seleção será em 1º de setembro, em Quito, diante do Equador. Na sequência, será a vez de receber a Colômbia, na Arena Amazônia, no dia 6.
Contra Argentina
Palco da conquista do ouro olímpico, o Maracanã vai receber a Seleção Brasileira em novembro de 2016.
Após assumir a equipe, Tite pediu aos dirigentes da CBF para jogar no estádio carioca o mais rápido possível. O clássico com a Argentina, marcado para o dia 11 de novembro, pelas eliminatórias, será o primeiro que o treinador gaúcho vai trabalhar.
"O Maracanã arrepia e emociona. Vamos querer isso", disse o treinador.
Antes do jogo contra os Albicelestes, o time terá quatro jogos pelas eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia.
dsa
 
Fonte Diário do Nordeste
[Continue lendo...]

Nota de esclarecimento sobre o concurso público da Prefeitura de Hidrolândia

A Prefeitura Municipal de Hidrolândia, por meio do Gabinete da Prefeita, informa a todos os (as) candidatos (as) que se inscreveram no Concurso Público Municipal 01/2016 e que foi anulado, em decorrência de algumas exigências determinadas pelo Ministério Público Estadual, especialmente no que diz respeito à falta de atribuições dos cargos que foram criados, bem como a opção de inscrição pela internet, que a Prefeita Municipal de Hidrolândia encaminhou à Câmara Municipal o Projeto de Lei que cria no Quadro de Pessoal do Poder Executivo Municipal cargos de provimento efetivo e define as normas gerais para o novo Concurso Público Municipal, tendo sido aprovado por unanimidade pelos nobres vereadores.
Após a referida aprovação, a Prefeita Municipal sancionou e publicou a Lei Municipal nº 901, datada de 29 de julho de 2016, para que fossem realizadas as devidas coletas de preços, levando em consideração o número de cargos efetivos de nível superior, médio e fundamental, junto às empresas que realizam Concursos Públicos, com vistas à realização do edital de processo licitatório para a contratação da nova empresa, que será publicado até o dia 31 de agosto de 2016.
Diante do exposto, esclarecemos a todos (as) os (as) candidatos (as) que no momento em que o contrato com a nova empresa for devidamente assinado, será lançado o novo edital do concurso público, contendo todas as regras editalícias, em cumprimento aos princípios que regem a Administração Pública.
Nesse sentido, quando as novas inscrições forem abertas, os (as) candidatos (as) que já se inscreveram no Concurso Público anterior terão três opções:

1 - Validar a nova inscrição para o mesmo cargo e valor, não havendo nenhum custo adicional para o (a) candidato (a);
2 - Validar a nova inscrição para cargo diferente do que se inscreveu, arcando com a diferença, a maior, que porventura possa ocorrer;
3 - Solicitar o ressarcimento do valor pago, junto à Secretaria Municipal de Finanças, por meio de requerimento para este fim, anexado a este o comprovante de pagamento e de inscrição do (a) candidato (a).

Hidrolândia (CE), em 22 de agosto de 2016.
Atenciosamente,

MARIA DE FÁTIMA GOMES MOURÃO
Prefeita Municipal
[Continue lendo...]

Pesquisa Ibope: Roberto Cláudio lidera, Wagner e Luizianne empatados

Levantamento foi feito após o início da campanha eleitoral e mostra empate técnico entre Capitão Wagner e Luizianne na busca de vaga no 2º turnoRoberto Cláudio (PDT) lidera a pesquisa Ibope com 29% das intenções de voto, seguido do deputado estadual Capitão Wagner (PR), com 21% e a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) aparece com 18%. Como a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, Wagner e Luizianne estão tecnicamente empatados.

Após os líderes, aparecem Heitor Férrer (PSB), com 9%, e Ronaldo Martins, com 4%. João Alfredo (Psol) tem 2% as intenções de voto, enquanto Tin Gomes (PHS) e Francisco Gonzaga (PSTU) têm 1% cada. Ao todo, 5% dos entrevistados disseram não saber em quem devem votar. Os votos brancos e nulos somam 10%. Os números pouco diferem da pesquisa O POVO/Datafolha, divulgada no último domingo, 21.

Na pesquisa encomendada pela TV Verdes Mares, o nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi realizada nos dias 18, 19, 20 e 21 de agosto, ouvindo 805 eleitores em Fortaleza.
O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará com o número CE-00609/2016.
Rejeição
Luizianne lidera a rejeição, com 44% dos entrevistados dizendo que não votariam nela. A seguir, RC tem 35% de rejeição, Tin Gomes tem 25% de rejeição, Gonzaga tem 24% de rejeição, e João Alfredo tem 23% de rejeição.

Os outros candidatos possuem índices de rejeição próximos: Capitão Wagner com 20%, Ronaldo com 18% e Heitor com 17%. Apenas 1% dos entrevistados votaria em todos os candidatos. Do total, 8% não sabem ou não responderam.

Avaliação
A maioria dos entrevistados ouvidos na pesquisa Ibope classificaram a gestão de RC como regular (37%) ou boa (29%). Depois, 17% avaliaram o governo do atual prefeito como péssimo e 9% como ruim. Em seguida, estão 6% que avaliaram a gestão como boa e 2% não souberam dizer.

Redação O POVO Online
[Continue lendo...]

Ceará Steel inaugura envio de placas de ferro para Coreia

Uma comitiva de deputados participou, nesta segunda-feira (22/08), ao lado do governador Camilo Santana e outras autoridades, da inauguração de equipamentos no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), no município de São Gonçalo do Amarante. Estavam presentes o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT); o líder do Governo, Evandro Leitão (PDT); Ferreira Aragão (PDT); Leonardo Pinheiro (PP), Walter Cavalcante (PP); Bruno Pedrosa (PP); Naumi Amorim (PMB) e Carlos Matos (PSDB).
Na ocasião, foi inaugurado o descarregador de minério de ferro e teve início o funcionamento da correia transportadora do Complexo. Com 8,6 km de extensão, a correia terá capacidade para transportar até 2.400 toneladas.
De acordo com o presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque, na visita desta segunda-feira foi possível acompanhar também o embarque das primeiras placas de aço produzidas pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), que serão exportadas para a Itália e a Turquia.
Zezinho Albuquerque lembrou ainda que atualmente há obras de infraestrutura em andamento para o Porto do Pecém e região, como a construção dos berços 7, 8 e 9, que vão ajudar a transformar o equipamento em um hub de movimentação de contêineres, melhorando as rodovias e o acesso ao local. "Todos esses equipamentos fortalecerão a economia cearense, gerando mais emprego e renda para o povo cearense", afirmou o parlamentar.
Segundo o governador Camilo Santana, o Governo do Estado tem investido mais de R$ 1 bilhão de reais em obras para a modernização e a ampliação do Porto do Pecém.
 
Fonte Sobral de Prima
[Continue lendo...]

Presidente da Câmara acusa Veveu de obrigar funcionários da prefeitura a fazer campanha para Ivo sob risco de demissão

O presidente da Câmara de Municipal de Sobral, Zezão Ibiapina, acusou, nas últimas três sessões da Casa, o prefeito Veveu Arruda, de obrigar servidores da Prefeitura a trabalhar na campanha eleitoral do candidato Ivo Gomes, sob pena de serem demitidos.
Segundo o vereador, funcionários da Prefeitura estão sendo assediados, principalmente os das pastas da Saúde e da Educação. Agentes saúde e de combate às endemias estão sendo obrigados a trabalhar em horário de expediente na campanha de Ivo.
Vários funcionários da Prefeitura foram flagrados adesivando seus veículos com material de Ivo também no horário de expediente. Além disso, quatro garis foram demitidos sem aviso prévio ou motivos plausíveis após se recusarem a participar de eventos da campanha.

Fonte Ceará News 7
[Continue lendo...]

Perigo ambulante: Ônibus escolar do Ipu estoura pneu, lotado de estudantes (vídeo)

 
De acordo com as imagens e as informações que foram enviadas para a nossa redação, por muito pouco não aconteceu uma tragédia com vários jovens estudantes, em decorrência do estouro de um pneu de um ônibus escolar.
O sinistro aconteceu com o ônibus que faz a rota para a região de Engenho dos Belém. Por volta dás 12h30, desta terça-feira (16/08) a poucos metros do asfalto da CE-187, o veículo lotado de estudantes, teve o estouro do pneu dianteiro, da lateral esquerda. Em virtude da pouca velocidade, houve somente o grande susto. Mas fica patente a falta de zelo e manutenção, colocando em risco a vida do motorista, um pai de família e as vidas de vários alunos, que estão em busca de uma formação educacional e futuramente profissional. Ainda conforme nos foi repassado, no dia anterior já tinha acontecido de um outro pneu estourar, do mesmo ônibus.
Os alunos que estudam na sede do município, retornaram a pé, tiveram que andar cerca de 2 quilômetro na volta para as suas casas

Clicando AQUI você vai ver o vídeo!

Fonte Repórter Francisco José (Ráio Regional)
[Continue lendo...]

Calendário Eleitoral: 18.08.2016

AGOSTO – QUINTA-FEIRA, 18.8.2016

(45 dias antes)
  1. Último dia para a Justiça Eleitoral enviar à publicação lista/edital dos pedidos de registro de candidatos apresentados pelos partidos políticos ou coligações (Código Eleitoral, art. 97).
  2. Data a partir da qual os nomes de todos aqueles que constem do edital/lista de registros de candidatura publicado deverão ser incluídos nas pesquisas realizadas com a apresentação da relação de candidatos ao entrevistado.
  3. Último dia para os tribunais regionais eleitorais decidirem sobre os recursos interpostos contra a nomeação dos membros das mesas receptoras e pessoal de apoio logístico dos locais de votação, observado o prazo de três dias da chegada do recurso no tribunal (Lei nº 9.504/1997, art. 63, § 1º).
  4. Último dia para os tribunais regionais eleitorais decidirem sobre os recursos interpostos da designação dos locais de votação, observado o prazo de três dias da chegada do recurso no tribunal (Código Eleitoral, art. 135, § 8º).
Fonte TSE
[Continue lendo...]

STF decide que tatuados não podem ser barrados em concurso público

“O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (17) que candidatos a concursos públicos não podem ser barrados nos processos de seleção por terem tatuagem. A decisão deverá ser seguida por todas as instâncias da Justiça. A Corte aceitou o recurso de um candidato ao concurso de soldado da Polícia Militar (PM) de São Paulo que, em 2008, foi aprovado nas provas escrita e de condicionamento, mas foi considerado inapto nos exames médicos por ter uma tatuagem com a imagem de um mago na perna.
Por 7 votos a 1, o STF seguiu voto proferido pelo ministro Luiz Fux, relator do recurso. Segundo o ministro, o critério de seleção de candidatos não pode ser arbitrário e deve ser previsto anteriormente em lei. Para Fux, as distinções devem ser obedecer a critérios objetivos, sem discriminar os candidatos.
“O fato de uma pessoa possuir tatuagens, visíveis ou não, não pode ser tratado pelo Estado como parâmetro discriminatório contra o deferimento à participação em concurso”, disse o ministro. O ministro Marco Aurélio foi o único a votar contra, por entender que o edital do concurso previa que os candidatos tatuados seriam submetidos à avaliação preliminar da tatuagem.
Antes de ir ao Supremo, o candidato recorreu à primeira instância e ganhou o recurso, mas a sentença foi reformada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Na decisão, o tribunal entendeu que a restrição de candidatos com tatuagem estava expressamente prevista.”

Fonte (Agência Brasil)
[Continue lendo...]

MPF recomenda não aplicar multas

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPE) também emitiu, em julho, uma recomendação solicitando a não aplicação de multa ( FOTO: FABIANE DE PAULA )
O Ministério Público Federal (MPF) emitiu recomendações solicitando o fim da aplicação de multas para o motorista que não mantiver o farol aceso à luz baixa, durante o dia, nas rodovias que adentram os perímetros urbanos dos municípios cearenses.
A solicitação do órgão foi enviada à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran) e à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS). O MPF pede que os órgãos se abstenham de aplicar a penalidade com base na recente lei que alterou o Código de Trânsito Brasileiro.
Assim como enviou ao Detran, o MPF recomendou que o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre no Ceará (Dnit) coloque placas de sinalização nos trechos das rodovias sob jurisdição federal. As recomendações foram assinadas pela procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues. O MPF alega que "ruas, avenidas, caminhos ou vias similares abertas à circulação em áreas urbanas, com base na lei nº 9.503/1997, não são classificadas como rodovias e, portanto, estariam fora da abrangência da Lei nº 13.290/2016, a chamada 'lei do farol'", que entrou em vigor no dia 8 de julho.
Malha
O Detran informou que está na fase final de obtenção das informações, para responder à solicitação da procuradora Nilce Cunha, inclusive sobre a malha viária rodoviária em Fortaleza, estabelecida por normas legais. A PRF e a SSPDS disseram que ainda não receberam nenhuma recomendação emitida do MPF.
 
Fonte Diário do Nordeste
[Continue lendo...]

La Niña pode não contribuir para as chuvas no Ceará em 2017

A ocorrência no Nordeste do La Niña, que produz um esfriamento no oceano Pacífico, poderá ser curta. A probabilidade do fenômeno climático se encerrar no meio da quadra chuvosa de 2017 causa preocupação, pois as chances dele favorecer o semiárido cearense seriam dissipadas. 
O La Niña está atuando, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), mas precisa continuar entre fevereiro e abril para contribuir com boas chuvas no Ceará. "Poderemos não contar com esse fenômeno no período que a gente mais precisa, ou seja, nos meses mais chuvosos", enfatiza o meteorologista Raul Fritz. 
Com monitoramento por boias, a Funceme identificou o resfriamento anômalo das águas superficiais do Oceano Pacífico, que caracteriza o La Niña. O El Niño, fenômeno oposto que atua para a ocorrência de estiagens no Nordeste, perdeu força. Mas, nesta época, a "Menina" não tem influencia na ocorrência de chuvas.
A possibilidade de ter uma vida curta, segundo Fritz, é de cerca de 55%. "As chances dele não se encerrar a partir de março são de cerca de 40%. A gente torce para que o La Niña continue. Com as águas mais frias ficando neutras, não teríamos uma influência positiva", frisa o meteorologista.
Caso o La Niña não atue no Pacífico durante a quadra chuvosa de 2017, o comportamento do oceano Atlântico definirá a ocorrência de boas chuvas. "Existem vários elementos que definem as chuvas, então teremos que ver como o Atlântico vai estar. Em dezembro, já começaremos a ter uma ideia, mas a previsão mais precisa somente em janeiro", afirma Fritz.

Seca

O prolongamento da estiagem no Ceará já dura cinco anos consecutivos e, pela primeira vez, parte do Estado registrou nível de “seca excepcional”. O quadro é mais severo na escala de estiagem da Agência Nacional das Águas (ANA), divulgado pelo O POVO nesta quarta-feira, 17.
Na última terça-feira, 16, o Ministério da Integração Nacional autorizou a liberação de R$ 12 milhões para a construção de sistemas de abastecimentos.

Fonte: Redação O POVO Online
[Continue lendo...]

I Feira de Livros vai reunir a diversidade da cultura brasileira

Com livros a preços acessíveis, o evento proporciona aos admiradores da literatura acessibilidade e, oportunidade aos pais de inserirem as crianças no universo erudito e fascinante da leitura
"É uma oportunidade para os amantes dos livros adquirirem obras para suas bibliotecas particulares com descontos consideráveis"
Os apaixonados por literatura terão a oportunidade de comprar livros com até 70% de desconto na I Feira de Livros realizada pela Livraria Dummar entre os dias 19 e 27 deste mês. A oferta contempla obras de várias editoras, entre elas: Unesp, Três Estrelas, Editora Dummar e Edições Demócrito Rocha, além de autores independentes.
“A nossa ideia em promover essa primeira feira é facilitar o acesso aos títulos que nós comercializamos de várias editoras que são referência no mercado editorial tanto local, quanto em todo o País. É uma oportunidade para os amantes dos livros adquirirem obras para suas bibliotecas particulares com descontos consideráveis”, explicou sobre o projeto a gerente da Livraria Dummar, Juliana Cassundé.

+LEIA MAIS: Ler para gostar
O evento é também uma oportunidade para os pais incentivarem os filhos para conhecer o universo da leitura, já que obras da literatura infanto-juvenil estarão com preços acessíveis - a partir de R$5. Com mais de 100 títulos de vários segmentos a feira reúne a diversidade da cultura brasileira. Nas áreas de humanidades e literaturas editados pela Unesp os livros: Jornalismo público (R$ 25,20); A vida de Eça de Queiroz (R$ 29); Docência, pesquisa e aprendizagem (R$ 21); Estudos em Psicologia (R$ 26,40); O teatro à moda (R$ 26,60), podem ser adquiridos com descontos de 35% a 60%.

+ LEIA MAIS: Por novos leitores
Os clássicos cearenses das Edições Demócrito Rocha, terão descontos de até 40%, entre eles os livros: A Fome, Coisas que o tempo levou, Juarez Barroso: Obra completa, Terra do Sol. A coleção de cartas com mensagens de autoconhecimento, de Sri Prem Baba, será comercializado com 50%.
Conheça a Livraria Dummar através do link: http://livrariadummar.com.br/

Serviço:I Feira de Livros

Quando: 19 a 27 deste mês
Horário: de segunda a sexta-feira, das 9 horas às 19 horas. Aos sábados, das 9 horas às 17 horas.
Onde: Livraria Dummar, na Avenida Aguanambi, 282, José Bonifácio
Informações: (85) 3255 6226



Redação O POVO Online
[Continue lendo...]

Horário Eleitoral Gratuito começa dia 26.08 em dois horários

Já as emissoras de rádio e televisão deverão reservar dois blocos de dez minutos cada, duas vezes por dia, de segunda a sábado, no caso de campanha para prefeito, pois a Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165) acabou com a propaganda eleitoral em bloco para vereador. No rádio, a propaganda será transmitida das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. Na televisão, os candidatos vão apresentar suas propostas das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. 
Já as inserções serão veiculadas em tempos de 30 e 60 segundos para prefeito e vereador, de segunda a domingo, em um total de 70 minutos diários, distribuídos ao longo da programação entre 5h e 00h. 
A divisão deverá obedecer à proporção de 60% para prefeito e 40% para vereador. Em relação aos diversos fusos dos estados, o horário da propaganda eleitoral gratuita deverá sempre considerar o horário oficial de Brasília. 
 
Fonte Sobral de Prima
[Continue lendo...]

Saiba das Regras dos Debates

Pela Resolução TSE nª 23.457/2015, que dispõe sobre propaganda eleitoral, uso e geração do horário gratuito e condutas ilícitas nas eleições de 2016, os debates, transmitidos por emissora de rádio ou de televisão, serão realizados segundo as regras estabelecidas em acordo feito entre os partidos políticos e a pessoa jurídica interessada na realização do evento, dando-se ciência à Justiça Eleitoral.
São considerados obrigatoriamente aptos a participar dos debates que ocorrerem no primeiro turno das eleições os candidatos filiados a partido com representação superior a nove parlamentares na Câmara dos Deputados e que tenham requerido o registro de candidatura na Justiça Eleitoral. Julgado o registro, permanecem aptos apenas os candidatos com registro deferido ou, se indeferido, os que estejam sub judice (com recurso em fase de julgamento). 
Os debates transmitidos na televisão deverão utilizar, entre outros recursos, subtitulação por meio de legenda oculta, janela com intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e audiodescrição.
 
Fonte Soabral de Prima
[Continue lendo...]
 
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·