Total de Visualizações

Aconteceu Ipu: Festa de Arromba da Oposição

"Acabou o mistério": Diego Carlos e Ludmila Muniz oficializam a chapa de pré-candidatos a prefeito e vice-prefeito pela oposição em Ipu

Com a residência da anfitriã da casa, ex-prefeita Toinha Carlos superlotada, o grupo de oposição pelo PDT e demais partidos em Ipu oficializaram a chapa de pré-candidatos a prefeito tendo o jovem empresário acadêmico, Diego Carlos (PDT) e como vice-prefeita, jovem médica Dra. Ludmila Muniz (PMB) para grande corrida eleitoral rumo a cadeira maior do Paço Municipal nas eleições de 2016.
O evento reuniu várias lideranças da serra, sertão e sede, fizeram-se presentes o deputado federal Domingos Neto e o deputado estadual Sérgio Aguiar, o ex-prefeito Sávio Pontes (PSD), além dos vereadores que hoje dão sustentação política para o Grupo de Oposição; Nonato Filho (PRP), Manoel Palácios (PSD), Adriano Melo (PV), Efigênia Mororó (PMB), mãe da pré-candidata a vice na Chapa de Diego Carlos, Ivo Sousa (PDT), Eduardo Ximenes (PSD), Francisco Wendeel Soares (PDT) e o vereador licenciado, Hilton Belém (PDT).
O ex-governador Cid Ferreira Gomes justificou a sua ausência por compromisso de última hora a convite do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio em uma inauguração na capital cearense.
O evento político contou ainda com o anúncio de alguns dos pré-candidatos a vaga na augusta Casa Legislativa, dentre eles: - Leandro Bezerra (PDT), Genésio Mororó (PMB), Chiquinho do Povo (PRB), Rondinelli (PSD), Dr. Cidade (PEN), Professor e acadêmico Leomir Melo (PV), Guarda Municipal Saide Freitas (PSB) e por último, Sargento Uchôa.
Desde já agradecer ao Grupo pela confiança depositada ao nosso trabalho de divulgação e marketing no Portal de Notícias Aconteceu Ipu. Acompanhe agora as imagens de bastidores do nosso redator Afrânio Soares.

Discurso do Diego Carlos 
Discurso da Dra Ludmilla Mororó 

Fonte Aconteceu Ipu
[Continue lendo...]

Ipu Notícias: Juventude é a marca da CHAPA da Oposição

Anunciada a chapa de oposição dos pré-candidatos de Ipu, Diego Carlos e Dra. Ludmila Muniz


O Grupo de oposição à tempos vinha tendo reuniões constantemente, para tentar chegar a um "denominador comum", sobre quem seria os pré-candidatos a prefeito e vice pelo grupo. 
À espera pelo anúncio chegou ao fim na noite desta terça-feira, (28/06), em uma reunião na residência da ex-prefeita Toinha Carlos que anunciou oficialmente a chapa majoritária da oposição que disputará as eleições de outubro de 2016, Diego Carlos (PDT) e a médica Dra. Ludmila Muniz (PMB), respectivamente pré-candidatos à prefeito e vice.
O evento prolífico reuniu lideranças políticas, vereadores, ex-prefeito e deputados: Marcaram presença no encontro o deputado federal Domingos Neto, o deputado estadual Sérgio Aguiar, os ex-prefeitos Sávio Pontes (PSD) e a anfitriã a ex-prefeita Toinha Carlos, mãe do pré-candidato a prefeito; dos vereadores e pré-candidatos: Adriano Melo (PV), Ivo Sousa, Hilton Belém e Wendell Benvindo (Ambos do PDT), Eduardo Ximenes e Manoel Palácios (ambos do PSD), Nonato Filho (PRP), vereadora Efigênia Mororó, mãe da pré-candidata a vice-prefeita.

Durante o evento foram anunciados os pré-candidatos a uma vaga no legislativo: Do Partido Democrático Trabalhista - PDT o suplente de vereador Leandro Bezerra. O candidato apoiado pela vereadora Efigênia Mororó, que não disputará a reeleição, Genêcio Mororó (PMB). Pelo Partido da Republicano Brasileiro - PRB o suplente de vereador Chiquinho do Povo; Do Partido Social Democrático - PSD o bancário Rondinelli; Dr. Cidade pelo Partido Ecológico Nacional - PEN; e o acadêmico Leomir Melo, do Partido Verde - PV. Outros nomes o guarda municipal Saide Farias pelo PSB e o Sargento Uchôa.
Fonte Ipu Notícias
[Continue lendo...]

Marco Regulatório dos Jogos está pronto para ser votado

Reunião Ordinária. Dep. Guilherme Mussi (PP-SP)

Mussi: estamos abertos a sugestões e eventuais modificações. Claro que existem pontos divergentes, mas acredito que a maioria dos segmentos está contemplada
Está pronto para ser votado em uma comissão especial da Câmara projeto que legaliza e regulamenta as atividades de cassinos, jogo do bicho e bingos no país, inclusive o funcionamento de máquinas de vídeo-bingo e caça níqueis (PL 442/91 e apensados).
A proposta também autoriza os estados a criarem suas próprias loterias – o que é proibido desde 1967. Já os jogos on line, via internet, ficam proibidos.
O projeto autoriza o funcionamento de casas de bingo em estabelecimentos próprios, em jóqueis clubes e também em estádios de futebol com capacidade de 15 mil lugares.
O substitutivo do relator, deputado Guilherme Mussi (PP-SP), cria o Marco Regulatório dos Jogos, discutido por uma comissão especial da Câmara desde novembro do ano passado. Além de legalizar os jogos, o projeto anistia todos os acusados da prática de exploração ilegal de jogos de azar e extingue os processos judiciais em tramitação. Se aprovado na comissão, o projeto vai direto para o Plenário.
O relator da comissão analisou 15 projetos de lei sobre o assunto e ouviu, nesse período, sugestões de representantes de cassinos de Portugal e dos Estados Unidos, entidades contra e a favor dos jogos, membros do Ministério Público, do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), de loterias estaduais, da Caixa Econômica Federal, das lotéricas e especialistas no assunto.
Segundo ele, o relatório ainda pode ser modificado. "Nós estamos abertos a sugestões e eventuais modificações. Claro que existem pontos divergentes, mas acredito que a maioria dos segmentos está contemplada”, disse.
Consenso
O presidente da comissão, deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), anunciou que busca o consenso antes da votação. "Essa comissão sempre tentou a via do consenso, por isso, em vez de seguir a tramitação normal nós apresentamos com certa antecedência o parecer do relator”, disse.
O deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR) é contra a legalização. Segundo ele, os jogos não geram riqueza, destroem as famílias e facilitam crimes como lavagem de dinheiro e tráfico de drogas.
Hauly admite que a comissão tem maioria favorável à aprovação do projeto e espera que no Plenário o quadro mude. "Somos duas, três vozes discordantes numa comissão majoritariamente favorável, mas, no Plenário, eu tenho certeza de que teremos centenas de deputados e milhões de brasileiros contra esta liberação", disse.
Cassinos
O projeto prevê que cassinos só poderão existir em estabelecimentos hoteleiros integrados, tipo resorts, com áreas múltiplas de hotelaria, lazer e espaços culturais.
Poderão funcionar, no máximo, três cassinos por estado – mesmo assim em unidades da federação que tiverem mais de 25 milhões de habitantes. Nos estados com população menor que 15 milhões de habitantes só poderá funcionar um. E onde o número de habitantes for de 15 a 25 milhões, dois.
Dependendo da população, os hotéis onde funcionarão os cassinos terão de oferecer número mínimo de quartos, que varia de 100 (para estados com menos de 5 milhões de habitantes) até mil (nos estados com mais de 25 milhões).
As concessões terão validade de 30 anos e serão feitas por meio de licitação – pela modalidade de técnica e preço.
Demais jogos
Caberá aos municípios autorizar o funcionamento de casas de bingo. Já o jogo do bicho ficará a cargo dos estados.
O projeto não define número máximo de casas de bingo por município. Diz apenas que elas não poderão ficar a menos de 1 km umas das outras – e a menos de 5 km de cassinos.
De acordo com o relatório de Guilherme Mussi, quem já explora o jogo do bicho poderá continuar a fazer isso depois da legalização.
O substitutivo também autoriza os estados a criar loterias próprias, existentes hoje em poucos estados, como Rio de Janeiro e Minas Gerais.
O texto também modifica as regras relativas a permissionários da Caixa Econômica Federal. Os lotéricos poderão receber comissão pelo volume de vendas de apostas e explorar outras atividades econômicas nos estabelecimentos.
As máquinas de vídeo-bingo só poderão funcionar em cassinos, casas de bingo, jóqueis e estádios de futebol. E as de caça-níquel, apenas nos cassinos.

Íntegra da proposta:

Reportagem - Antonio Vital
Edição – Regina Céli Assumpção
[Continue lendo...]
Um rinoceronte nervoso foi flagrado correndo em uma estrada próxima ao Parque Nacional de Kaziranga, na Índia, no último domingo (26).
Aparentemente desesperado e descontrolado, o animal corre em direção aos veículos, que desviam dele. Em seguida, ele é bloqueado por um dos carros e acaba retornando à beira da estrada. Segundo as informações da imprensa indiana, o rinoceronte teria escapado do parque devido a uma enchente que atingira o local.

Veja o vídeo e o susto

Fonte UOL
[Continue lendo...]

Tarifas postais ficam mais caras a partir desta terça-feira, 28.06.2016

carteiro “A partir de amanhã (28), as tarifas de serviços postais nacionais e internacionais dos Correios terão um reajuste médio de 10,7%. A portaria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações regulamentando os novos valores foi publicada hoje (27) no Diário Oficial da União.
Com o reajuste, o primeiro porte da carta não comercial terá seu valor corrigido de R$ 1,05 para R$ 1,15. No caso de telegrama nacional redigido pela internet, a tarifa passa de R$ 6,39 para R$ 7,07 por página. A tarifa da Carta Social, destinada aos beneficiários do programa Bolsa Família, permanece inalterada, em R$ 0,01.
O reajuste já tinha sido definido pelo Ministério da Fazenda na semana passada. Os serviços são reajustados todos os anos com base na recomposição dos custos repassados à estatal, como aumento dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza e salários dos empregados. As novas tarifas não se aplicam ao segmento de encomendas e marketing direto.”

Fonte (Agência Brasil)
[Continue lendo...]

Via asfaltada beneficia escoamento da produção

São 17Km de estrada que era um lameiro no período de chuvas e poeira nos meses secos ( Foto: Honório Barbosa . Iguatu. Os moradores das localidades rurais de Juazeirinho, Santa Rosa e Serrote, na zona rural deste município, na região Centro-Sul do Ceará, foram beneficiados com a construção de rodovia em pavimentação asfáltica. A obra custou cerca de R$ 5 mi. São 17Km de estrada beneficiando o escoamento da produção e melhorando a qualidade de vida das famílias que enfrentavam lameiro no período de chuvas e poeira nos meses secos.
A obra foi contratada pela Prefeitura de Iguatu com recursos de emendas parlamentares. Há cerca de quatro anos o projeto foi anunciado e os serviços chegaram a ser iniciados, mas sofreu paralisação e só agora foram concluídos. Essa é a terceira estrada vicinal que recebe pavimentação asfáltica e obra de infraestrutura interligando localidades rurais no Município. As outras duas estradas beneficiaram moradores das localidades de Gadelha e Quixoá, Penha e Fomento, nas duas margens do Rio Jaguaribe, no chamado corredor de produção de banana. Essas obras foram inauguradas na administração do ex-prefeito Agenor Neto, que também articulou a liberação de recursos para essa nova estrada.
O atual prefeito, Aderilo Alcântara, presidiu a solenidade de inauguração da rodovia interligando Juazeirinho às localidades de Santa Rosa e Serrote, nas margens do Açude Orós. "Essa rodovia representa um benefício direto para os moradores e produtores rurais para o escoamento da produção de arroz e de outros grãos", frisou.
Os moradores mostraram-se satisfeitos com a qualidade da obra. "Ficou bem feita, sinalizada. Antes havia muitos buracos e poeira e, no tempo das chuvas, a lama se espalhava, dificultando o tráfego de carros e motos", disse o produtor rural Francisco Amorim.
A comerciária Ana Claudia Uchoa, moradora da localidade de Santa Rosa, trabalha na cidade de Iguatu e lembrou-se da dificuldade de deslocamento diário. "Lama, poeira e buraco eram o que agente enfrentava. Agora ficou bem melhor", disse. O agricultor Francisco Gomes afirmou que, com a estrada asfaltada, a ida para a cidade está bem melhor. "Antes, os buracos danificavam os carros e motos e havia custo maior para o escoamento da produção", frisou.
A estrada começa no entroncamento com a CE-282, no bairro Vila Moura, beneficiando as indústrias de cerâmica (tijolos e telha), facilitando o deslocamento dos operários e da produção diária, que é exportada para outras cidades. De lá avança até o sítio Córrego, passando pelas localidades de Santa Rosa e Serrote. Esta última fica bem nas margens do Açude Orós.
 
Fonte Diário do Nordeste
[Continue lendo...]

Educação de Hidrolândia comemora avanços no SPAECE

A Secretaria Municipal de Educação (SME) tem o prazer de informar o avanço nos resultados do Sistema Permanente da Educação Básica do Ceará (SPAECE), ano 2015. 
A SME entende a grande importância de proporcionar as crianças e adolescentes a oportunidade de aprender a ler e escrever na idade certa. No entanto, os indicadores de aprendizagem revelam o avanço em cada ano. Nossa meta é erradicar o analfabetismo e principalmente fazer com que 100% nossas crianças aprendam na idade certa. 
Esse resultado nos traz grande alegria, pois sabemos que é mérito das nossas crianças com o apoio de toda a comunidade escolar, bem como da nossa prefeita Fátima Mourão e da nossa secretária municipal de Educação, Deuzelina Farias e de toda a equipe que não medem esforços para que tenhamos uma educação de qualidade no nosso município.
Essa é mais uma conquista da Administração Um Novo Jeito de Cuidar da Gente, prefeita Fátima Mourão.

Secretaria Municipal de Educação
[Continue lendo...]

Associação de Chefes de Cozinha do Ceará é lançada nesta segunda

Chef Luciano Ferreira, presidente da AC. Será lançada na noite desta segunda-feira, 27, a Associação de Chefes de Cozinha do Ceará (ACC-CE), no Mercado São Sebastião.

O evento, aberto apenas para convidados, vai apresentar a ACC-CE para o trade turístico, formadores de opinião, imprensa local, iniciativas pública e privada.

O objetivo da associação, liderada pelos chefs Luciano Ferreira e Faustino Paiva, é congregar chefs e cozinheiros cearenses.

A primeira gestão da ACC, sob o comando do chef Luciano Ferreira, tem como desafios estruturar a sede localizada no Mercado São Sebastião, fortalecer o movimento Slow Food (em inglês, literalmente, "comida lenta"/apreciação da comida), difundindo o conceito de alimento bom, limpo e justo para os restaurantes e consumidores locais, além de incentivar os profissionais de cozinha a participar de palestras, oficinas e cursos gastronômicos.

“Também queremos formatar um banco de oportunidades com canal direto com as empresas do setor de alimentação fora do lar, promover experiências gastronômicas entre os profissionais da cozinha, incentivando-os a valorizar a comida do lugar e incentivar as empresas em participação das empresas no Selo de Qualidade Sebrae”, garante Luciano.

Serviço

Lançamento ACC
Local: Mercado São Sebastião (espaço Central)
Dia: 27 de junho (segunda-feira)
Horário: às 19 horas
 
Redação O POVO Online
[Continue lendo...]

Relator na CCJ diz que não vai ceder a pressões e nega vínculo com Cunha

Deputado Ronaldo Fonseca irá relatar recurso de presidente afastado.

Cunha recorreu contra o parecer do Conselho de Ética pela sua cassação.

Fernanda CalgaroDo G1, em Brasília
O deputado Ronaldo Fonseca, escolhido para relatar recurso de Cunha na CCJ (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)O deputado Ronaldo Fonseca, escolhido para relatar recurso de Cunha na CCJ (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
Recém-escolhido para a relatoria na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do recurso do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado Ronaldo Fonseca (PROS-DF) disse nesta segunda-feira (27) ao G1 que não cederá a pressões e negou ser aliado do peemedebista.
Caberá à Fonseca elaborar um parecer sobre o recurso apresentado pela defesa de Cunha contra o parecer do Conselho de Ética que pede a cassação do seu mandato parlamentar.
A indicação do nome dele para a tarefa foi anunciada na noite desta segunda pelo presidente da CCJ, Osmar Serraglio (PMDB-PR). Ele justificou a escolha argumentando que não podia escolher ninguém que fosse do mesmo estado (Rio de Janeiro), partido ou bloco do representado, além de não poder ser do Conselho de Ética.
“Pretendo fazer um relatório bastante técnico e bastante imparcial”, afirmou. Ele reconheceu que haverá pressão, mas que espera fazer um parecer em que haja a convergência de “justiça” e “verdade” e ressaltou que não irá se manifestar sobre o mérito.
“Pressão vai existir, eu acho normal. Eu espero que eu não ceda a pressões nem de um lado nem de outro e que eu consiga fazer um relatório que venha convergir com a justiça, com a verdade. Embora eu não vá opinar sobre mérito, é sobre procedimento, é ver até onde o procedimento ficou viciado. Não é questão de mérito, não pretendo entrar no mérito se Eduardo Cunha é culpado ou inocente”, frisou.
Fonseca disse ainda que não leu o recurso de 64 páginas e que irá se reunir na manhã desta terça (28) com Serraglio para se inteirar do caso. Sobre o prazo de cinco dias úteis que começou a contar a partir desta segunda-feira para que apresente o seu relatório, Fonseca ponderou que tentará fazê-lo o mais rápido possível.
“Não sei se em uma semana eu consigo fazer o parecer, mas vou procurar o mais rápido possível”, declarou, acrescentando o país não “aguenta mais” esse assunto.
“Eu sei que é um assunto muito delicado, difícil, o Brasil já não aguenta mais, a gente tem que pôr um fim logo. Entendo tudo isso. Agora, vivemos num estado de direito, o Eduardo Cunha está no seu direito de recursar, que é regimental e constitucional”, disse.
Ele negou ainda ser aliado do presidente afastado, apesar das manifestações que fez a favor dele na Câmara e das críticas ao Conselho de Ética. “Estão rotulando todo mundo de aliado. Eu não sou aliado de Cunha. Eu mantive uma relação institucional com o presidente. Para não rotular como aliado só se escolhesse alguém do PT”, disse.
Ele rebateu ainda haver qualquer por ser da bancada evangélica, como Eduardo Cunha. “Eu não posso ser rotulado porque sou evangélico. Agora, então vamos posicionar as críticas de acordo com a fé da pessoa? Vamos parar com isso. O Brasil já cresceu para isso”, protestou.
Sobre as críticas públicas que fez ao andamento do processo no Conselho de Ética, Fonseca explicou que estava cobrando uma “resposta rápida” do colegiado.
Em uma dessas manifestações, ele foi à tribuna do plenário da Câmara questionar o fato de o relator ter convocado uma testemunha que não teria como esclarecer a acusação feita contra Cunha.
Em seu depoimento, o empresário Leonardo Meirelles disse ter entregue US$ 5,1 milhões ao doleiro Alberto Youssef que teriam Cunha como destinatário final. Fonseca argumentou que o processo investigava apenas se Cunha tinha ou não contas no exterior e que o depoimento não tinha relação com essa acusação.
“Eu falei no sentido de que o relator no Conselho de Ética e o presidente estavam protelando o processo e nos precisávamos dar uma resposta rápida. Por que protelar? O fato de levar testemunhas para depor que não tinha vínculo com a denúncia em si era uma forma de protelação. Não opinei sobre mérito”, disse o relator na CCJ.
Fonseca também admitiu que, embora não fosse do Conselho de Ética, discutiu com deputados “questões técnicas” sobre o parecer do primeiro relator do caso, deputado Fausto Pinato (PP-SP).
“Eu discuti com os deputados sobre o parecer, questões técnicas. Eu converso e conversei com vários deputados neste sentido, de ver a situação técnica do relatório”, defendeu-se.
Fonseca contou que recebeu o convite nesta segunda e acertou a relatoria em uma breve reunião com Serraglio na Câmara. “Quem está na chuva tem que se molhar. Estou na CCJ e é um momento de contribuir”, afirmou.

Fonte G1
[Continue lendo...]

Circulação de 7 mil carros-pipas pode parar na quinta-feira por falta de recursos no Nordeste

O ministro da Integração, Helder Barbalho, afirmou, na manhã desta segunda-feira (27), ao presidente interino Michel Temer (PMDB), que a circulação dos 7 mil carros-pipas no Nordeste pode parar na próxima quinta-feira (30) por falta de recursos.
Temer se reuniu com o comitê de infraestrutura para debater os detalhes da situação financeira do setor. Os relatos confirmaram o esperado: falta de recursos e programas parando. Líderes da base aliada e ministros compareceram ao encontro.
O peemedebista passou o problema para o ministro Dyogo Oliveira, que deve buscar uma alternativa junto ao Congresso Nacional para o problema dos carros-pipas. Temer se mostrou aberto a solucionar o problema através de uma Medida Provisória, manobra que tenta evitar por ter marcado a gestão da presidente afastada Dilma Rousseff (PT)

Fonte Ceará News 7
[Continue lendo...]

Frustração da safra de milho e feijão é de 70%

Segundo o GCEA, a safra de milho terá uma frustração acima de 70% e a de feijão-de-corda e a de arroz de 60% ( FOTO: Honório Barbosa )
Iguatu. Terminada a estação chuvosa e quase concluído o levantamento no campo da safra de sequeiro de grãos, no sertão cearense, uma triste e grave conclusão: 2016 é o segundo pior ano no atual ciclo de estiagem que desde 2012 se abate sobre o Estado. A frustração de safra de milho e feijão é, em média, superior a 70%. Perda elevada das culturas agrícolas e escassez de água aumentam a crise econômica no Interior do Ceará.
O Grupo de Coordenação de Estatísticas Agropecuárias (GCEA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está concluindo o levantamento feito pelas Comissões Municipais de Estatística Agropecuária até a primeira semana do próximo mês. "Os dados são parciais, mas mostram perda média superior a 60%. Infelizmente, a tendência é o quadro piorar e a situação é bastante crítica", disse a coordenadora do grupo, Regina Dias.
Redução
Segundo o GCEA, a safra de milho terá uma frustração acima de 70% e a de feijão-de-corda e a de arroz de 60%. Além da queda da colheita, houve, neste ano, redução da área de cultivo em torno de 20%. A safra de grãos de cultivo de sequeiro (aquele que depende exclusivamente das chuvas) está comprometida, neste ano, no Estado.
Depois de cinco anos seguidos de chuvas abaixo da média e de frustração de safra, o quadro de esvaziamento no campo se agrava no Interior. O aumento do preço dos insumos básicos em um índice bem maior do que os valores dos grãos, aliado à escassez de água, está inviabilizando a pequena e média agricultura no sertão.
Neste ano, a região do Cariri, um celeiro de produção, apresenta um quadro grave. As chuvas foram insuficientes, em média de 350mm nos municípios, para assegurar a colheita de grãos de sequeiro. Os dois maiores produtores de milho e feijão-de-corda do Ceará (Mauriti e Brejo Santo), apresentam elevada perda de safra do grão, cerca de 90%.
De acordo com os dados do Escritório Regional da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce), em Brejo Santo, a expectativa de safra e a real colheita no campo revelam grave distorção. A redução de área foi drástica. No município, havia uma previsão de cultivo de 6.648 hectares de milho, mas foi reduzida para 1.200 hectares. O potencial de produção era de 23 mil toneladas do grão, mas caiu para 1.300 toneladas.
A área cultivada de feijão-de-corda era estimada em 3.193 hectares, mas caiu para 1.224 hectares. Na região de Brejo Santo, que reúne oito municípios (Aurora, Barro, Brejo Santo, Jati, Mauriti, Milagres, Penaforte e Porteiras), esperava-se uma receita de R$ 66 milhões com a safra de grãos, mas caiu para R$ 3 milhões.
Situação crítica
"A situação é crítica e quem tinha de produzir, produziu. Não há mais o que questionar", disse o gerente regional da Ematerce, em Brejo Santo, José Dias Ferreira. "Choveu menos de 400 milímetros de forma irregular e a produção no Cariri ficou comprometida".
O município de Mauriti, que é o maior produtor de milho e feijão-de-corda do Ceará, teve uma redução elevada da área de cultivo de 26 mil hectares para apenas dois mil hectares. Em Missão Velha, no Cariri, a safra de grãos terá queda de 85% e de mandioca, 50%.
No Sertão dos Inhamuns e de Crateús o índice de frustração de safra de grãos é semelhante, em torno de 80%. "A situação é péssima com redução da área plantada e perda da colheita. A agricultura de sequeiro não é mais um bom negócio", disse o gerente da Ematerce, Raimundo Lira Galvão.
No Sertão Central, a safra de milho terá perda de 80% e a de milho, de 70%. "Além da perda dos grãos, os reservatórios estão secos", observa o gerente da Ematerce de Solonópole, Sebastião Tavares Leite. Na região Centro-Sul do Ceará, a frustração da produção de milho é de 65% e a de feijão, de 55%, mas são dados parciais. Em Ipaumirim e Lavras da Mangabeira a safra de milho caiu 85% e a de feijão, 75%. "Não choveu em fevereiro e houve ataque da lagarta", observa o gerente local da Ematerce, Marcílio Tavares.
Na região Jaguaribana, a colheita de milho e de feijão está 80% a menos do esperado. "Em algumas áreas, pode ser ainda maior", observa Sebastião Nunes, da Ematerce. Neste ano, haverá menor queda na safra em parte da região Norte e nas áreas úmidas da Ibiapaba, com queda em torno de 50% desses grãos.
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Iguatu, Evanilson Saraiva, disse que a situação é preocupante. "Poucos plantaram e quem tentou produzir enfrentou um prejuízo elevado", disse. O presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), Luís Carlos Ribeiro, mostrou preocupação com a perda da reserva de água, da safra de grãos e da diminuição da área cultivada nos últimos cinco anos. "Os índices refletem uma situação crítica", frisou.
Mais informações:
Ematerce
Telefone: (85) 3101-2429
Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA)
Telefone: (85) 3101-8000
 
Fonte Diário do Nordeste
[Continue lendo...]

Políticos não sabem como financiar campanha

Os candidatos a prefeito e vereador nas eleições deste ano serão as cobaias de um novo modelo de financiamento, minguado sem as doações empresariais milionárias.
O resultado é uma incógnita. A operação Lava-Jato e a mudança na legislação provocaram um terremoto nas práticas eleitorais, obrigando a classe política a redefinir a metodologia de arrecadação das campanhas. Até agora, os partidos não sabem o que fazer.
Quem concorre este ano estima que os gastos vão cair pela metade, já que só restam como fontes de receitas o Fundo Partidário e as doações de pessoas físicas, sem tradição no Brasil.
 
Fonte TSE
[Continue lendo...]

Após se negar a pagar avião de Dilma, Camilo deve deixar PT na próxima semana rumo ao PDT

A recusa do governador Camilo Santana (PT) a bancar o deslocamento da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) ao Ceará, na próxima semana, está explicada: Camilo está de malas prontas para deixar o PT em direção ao PDT, do padrinho político Cid Gomes.
Camilo, mais uma vez, apenas atende aos desejo de Cid e deixa o PT não por estar cansado das "vadiagens' dos colegas, mas por pura incompetência em entregar o partido aos Ferreira Gomes.
A migração do grupo político de Cid e Ciro Gomes para o PDT não incluiu, a princípio, o governador Camilo Santana para que ele pudesse controlar a legenda e forçar o apoio à reeleição de Roberto Cláudio à Prefeitura de Fortaleza.
No entanto o PT Ceará entendeu, desde 2014, quando Camilo foi eleito com o apoio de Cid ao Abolição, que o governador já não pensava mais nos interesses do partido. Em vez de apoiar Roberto Cláudio e indicar o vice na chapa, o PT preferiu lançar a deputada federal Luizianne Lins na disputa, a despeito de Camilo.
Fraco dentro do próprio partido, Camilo fracassou em cada tentativa de mudar a orientação do PT e, agora, ataca os colegas de legenda e migra para o PDT, onde Cid poderá usar como quiser a imagem do governador que elegeu e, claro, a máquina pública.
A recusa à presidente afastada é bem diferente do comportamento de Cid e Camilo durante as Eleições 2014, quando usaram de todas as forças para que Dilma viesse ao Estado pedir votos para o petista.
Agora, com Ciro Gomes tentando emplacar a candidatura à presidência em 2018 como uma terceira via, uma opção à esquerda, Camilo se distancia do PT tentando se esquivar do desgaste nacional da legenda diante dos escândalos de corrupção.

Mas o tipo pode sair pela culatra. As investigações da Lava Jato estão cada vez mais próximas de Cid. Ao abandonar de vez o desgastado vermelho petista, Camilo pode acabar sendo atingido em cheio quando a Polícia Federal bater na porta do padrinho político.
Maurício Moreira

Ceará News 7
[Continue lendo...]

9 sinais de que vocês têm uma química louca de incendiar a cama

Se logo de cara, na primeira transa com um novo parceiro, você já experimenta sensações incríveis e mantém a chama acesa mesmo após um longo tempo de relação, provavelmente possui com o companheiro uma sintonia íntima incrível. Confira abaixo alguns sinais de que vocês têm uma química louca de incendiar a cama:
1. Vocês parecem estar sempre excitados ao mesmo tempo e com uma simples troca de olhares já conseguem saber que é hora de ir para a cama.
2. Vocês encaram o sexo com leveza e são capazes de rir entre quatro paredes, transformando a transa sempre em uma brincadeira agradável.
3. Vocês combinam até mesmo preferências em relação a fantasias sexuais e posições que consideram mais estimulantes.
4. O afeto e o toque estão sempre presentes no relacionamento, mesmo quando não estão se preparando para transar.
5. Vocês estão sempre dispostos a conhecer novas posições sexuais, incrementar a intimidade com brinquedos eróticos e parecem, realmente, interessados nos corpos um do outro.
6. Vocês se preocupam com o prazer um do outro e chegam até a atingirem o orgasmo juntos na maioria das vezes.
7. Quando estão distantes, conseguem ficar excitados com simples trocas de mensagens ou telefonemas que levam a uma sessão de masturbação.
8. Mesmo com alguns quilinhos extras, você sempre se sente linda e desejada pelo parceiro.
9. Na hora do sexo, se livram de vergonhas e medos e se entregam sempre de corpo e alma, encarando cada transa como um momento único e especial.
Fonte: Bolsa de mulher

Fonte 180graus.com
[Continue lendo...]

Português de A a Z: aonde, donde, onde?

aonde, donde, onde?

Use aonde, combinação da  preposição a + onde:
a) com verbos que indicam movimento, direção, aproximação;
b) quando se opõe a donde;
c) equivalente a para onde;
d) ao ser substituído por a algum lugar ou em algum  lugar. Exemplos:

1) E nós, aonde vamos? (= E nós, para onde vamos? = E nós, vamos a algum lugar?).
2) Você vai descer aonde? (= Você vai descer para onde? = Você vai descer (a) em algum lugar?).

Use onde nos verbos que expressam algo estático, isto é, que não indicam dinamismo. Ex.:
1) Veja onde estão os bons alunos.
2) Onde há bons alunos, há bons professores.

● Use donde, combinação de preposição de + onde, quando:
a) se opuser a onde; for equivalente a de onde;
b) indicar procedência, conclusão, podendo ser substituído por daí.  Ex.:
1) Donde tiramos o que comemos?
2) Este curso é prático, donde a indicação para o aluno. 

Fonte Prof. Mourão
[Continue lendo...]

Vereador Adriano Melo detona a IPUPREV

Adriano Melo: Presidente da IPUPREV pede demissão, e o sistema de previdência municipal continua sendo questionado

 
É do conhecimento de toda sociedade que o presidente da IPUPREV; Jorge Filho pediu demissão, saiu sem dar as explicações que tanto os vereadores de oposição desejavam. E o sistema de previdência municipal continua sendo alvo de muitos questionamentos.
O vereador Adriano Melo no uso da Tribuna, na sessão ordinária da última terça-feira (21/06) fez questionamentos incisivos a este sistema previdenciário, criado na ex administração e que a atual gestão vem tendo problemas, inclusive com acusações de desfalques na contribuição dos associados, um dos motivos que tenham resultado no pedido de demissão do senhor Jorge Madeira Filho. O mesmo foi convocado pelos vereadores de oposição a dar explicações por diversas vezes na Câmara Municipal de Ipu e nunca houve a aquiescência do governo municipal.
Acompanhe na sonora abaixo a explanação do vereador Adriano Melo sobre o assunto delicadíssimo, que ainda pode causar muitos problemas sérios ao atual prefeito de Ipu. Melo no final da sua fala deixa nas entrelinhas, a seguinte afirmação: "O vereador Adriano Melo, tem trânsito livre para participar de qualquer evento":  
 

Fonte Repórter Francisco José (Rádio Regional)
[Continue lendo...]

Golpe do "veja quem visitou o seu perfil" chega ao WhatsApp

"Saiba quem xeretou o seu perfil". Abordagens semelhantes a essas são usadas em inúmeras tentativas de golpe e fraude digital para roubar dados do usuário. Em geral, elas prometem à vítima um recurso que permite saber quem acessou seu perfil do Facebook, e surgem como extensão maliciosa da rede social. Essa mesma estratégia está sendo usada agora também no WhatsApp, segundo a Kaspersky Lab. De acordo com os especialistas da Kaspersky, a mensagem chega geralmente de algum contato do usuário que já foi infectado. Ela contém uma mensagem como "Sabe quem xeretou seu perfil? Kkkkkk", seguida de um link. Ao acessar o link, a vítima é direcionada a um site que oferece o suposto recurso em troca do compartilhamento do link com dez amigos ou três grupos.
Caso a vítima siga as orientações, ela é depois direcionada para uma série de sites de propaganda - nenhum dos quais traz o recurso prometido. Se ela cadastrar seu número em qualquer um deles, ela será cobrada pelo serviço na próxima fatura do celular, e é aí que os criminosos ganham dinheiro. Segundo Fabio Assolini, analista de segurança da Kaspersky, uma busca em sites de reclamações de consumidores revela que uma grande quantidade de pessoas já foram enganadas.
Recursos verdadeiros e falsos
Embora haja anúncios e rumores sobre diversos novos recursos do WhatsApp, nenhuma novidade desse tipo foi comunicada pela empresa. Por esse motivo, mensagens desse tipo devem ser vistas sempre com suspeita - qinda mais quando elas tiverem erros de gramática, como no caso da mensagem acima.
Não se trata, nem de longe, da única tentativa de golpe que circula por meio do aplicativo de conversas. Outros esquemas de fraude recentes incluem um que prometia à vítima o acesso a uma versão "Gold" do WhatsApp (que não existe), e outro que dizia ao usuário que ativaria o recurso de videochamadas em seu dispositivo - também falso.

Fonte UOL
[Continue lendo...]

Quixadá lembra Dia da Ufologia

Os relatos foram se popularizando e até alavancam o turismo. Já há uma boate com temática ufológica, a primeira do estilo no Brasil ( Foto: Maristela Crispim )
Quixadá. Estamos sozinhos no Universo? Por mais clichê que possa parecer, a pergunta é inquietante mexe com o povo deste Município do Sertão Central do Ceará, a 167Km da Capital. Hoje, Dia Mundial da Ufologia, a cidade se vê cada vez mais convencida de ter uma razão para comemorar: após anos colecionando relatos de abduções e de aparições de "disco-voadores", o Município se tornou a Capital Cearense da Ufologia.
>Ovnis Além do mistério
Não falta quem afirme ter visto Objeto Voador Não-Identificado (OVNI). Seja numa loja de conserto de eletrodoméstico ou num bazar de roupas, tem sempre quem diga ter avistado uma luz ofuscante ou um objeto estranho cortando o céu. "Meu pai e minha mãe já viram! Era uma luz muito forte e o objeto era muito grande", disse o empresário Robson Costa, 43.
A cidade ainda mantém na memória os relatos do caso Barroso, o mais famoso de abdução do Ceará. Na década de 80, o aposentado teria sido abduzido por uma luz. Sua morte teria sido provocada pelos fenômenos que se sucederam após o fato. "Ele não sabia andar, foi perdendo a memória, ficando mais fraco. Barroso morreu de um jeito que nenhum médico da época soube dizer o que era", relata o ufólogo cearense Agobar Peixoto, que há mais de 60 anos pesquisa relatos no Estado. "A partir do caso Barroso, a cidade começou a ser pesquisada e os casos foram aparecendo", diz.
Robson Alencar, comerciante e ufólogo quixadaense, que realiza pesquisas sobre o assunto há 36 anos, concorda. "Tenho certeza que existe vida fora do Planeta. Eu mesmo já tive contato com seres e Quixadá é uma ponte destes seres aqui na Terra", afirma ele, que mantém vigílias noturnas com um grupo de 20 pesquisadores, para reunir evidências que comprovem sua tese. Os relatos foram se popularizando e alavancaram o turismo. As pessoas chegam olhando para o céu a procura de algo diferente. Há até uma boate com temática ufológica, a primeira do estilo no Brasil.
 
Fonte Diário do Nordeste
[Continue lendo...]

Em Monsenhor Tabosa, juiz condena a mais de 85 anos de prisão réu que estuprou menores de idade

O réu Milton de Sousa Santos foi condenado a 85 anos e seis meses de prisão por estuprar enteada e sobrinho menores de idade. A decisão, proferida nessa segunda-feira (20/06), é do juiz Mikhail de Andrade Torres, da Vara Única de Monsenhor Tabosa, distante 320 km de Fortaleza. Para o magistrado, ficaram comprovadas a “tipicidade e ilicitude do fato, acompanhadas da culpabilidade de seu autor”.
De acordo com denúncia do Ministério Público do Ceará (MP/CE), entre os anos de 2012 e 2015, o réu teria molestado a enteada por quatro vezes. Nas ocasiões, a menina, à época com oito anos, teria sido tocada nas partes íntimas. No mesmo período, Milton também teria cometido os crimes contra o sobrinho, sendo que, pelo menos uma vez, ocorreu com violência. Quando os atos começaram, o rapaz tinha 16 anos.
Em ambos os casos, o acusado teria ameaçado os jovens para que eles não contassem a ninguém os atos praticados. Contudo, ainda em 2015, o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente e o Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), receberam denúncia sobre os ocorridos. Em março deste ano, foi decretada a prisão preventiva dele. Durante depoimentos, o réu confessou os delitos.
Ao julgar o caso, o juiz estabeleceu 31 anos e seis meses de prisão pelos crimes praticados contra o sobrinho e 54 anos pelos cometidos contra a enteada. Também decretou que o cumprimento da pena seja inicialmente em regime fechado. Além disso, negou o direito de apelar em liberdade.
O magistrado destacou que a “materialidade e autoria delitiva restam suficientemente caracterizadas e incontroversas nos autos, defluindo nos depoimentos das vítimas, das testemunhas, do interrogatório do réu”. Também considerou como fundamentais para a condenação os “elementos informativos trazidos pelo inquérito policial, sobretudo, os exames sexuais”.
O juiz explicou que, segundo jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), “a simples conduta de toques nas partes íntimas da vítima, atos voluptuosos e até beijo, com o intuito de satisfazer a lascívia do agressor, configura o crime de estupro”.

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Ceará
[Continue lendo...]

Costa Rica aprova vacina contra dengue

O Ministério da Saúde da Costa Rica aprovou a vacina tetravalente contra a dengue. A vacina, para pessoas entre 9 e 45 anos, combate os quatro sorotipos da dengue, especialmente em zonas endêmicas. Só neste ano, houve aumento de 500% de casos da doença em relação ao mesmo período de 2015.
 
O pediatra membro da Sociedade de Pediatria da Costa Rica, Jorge Martínez, explica que a doença tem impacto significativo no País. "Em 2016 foram registrados 7.711 casos suspeitos até a semana 22, os quais, comparados com os 1.441 da mesma semana do ano anterior, representa um aumento de 500%", diz. "O registro da vacina contra dengue nos proporciona acesso a uma ferramenta que irá fortalecer a prevenção da dengue em nosso país".
Em abril deste ano, o Grupo de Especialistas em Assessoramento Estratégico sobre Imunização (Sage) da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou aos países endêmicos  a introdução da vacina contra dengue da empresa Sanofi Pasteur como parte da estratégia de prevenção da enfermidade. A indicação levou em conta o controle do vetor e a mobilização da comunidade. A OMS quer reduzir em 50% a mortalidade causada pela dengue, e a morbidade em 25% até o ano de 2020 em países endêmicos.
 
A Costa Rica é o quarto país latino-americano a registrar a vacinação e o quinto país mundialmente. BrasilMéxicoEl Salvador e Filipinas já aprovaram. Nas Filipinas, a vacinação pública começou em abril deste ano, com objetivo de vacinar 1 milhão de estudantes da 4ª série em zonas altamente endêmicas do País.
 
Conforme a OMS, a dengue causa cerca de 400 milhões de infecções por ano, em 128 paises. A maioria das pessoas infectadas tem mais de 9 anos de idade. Mais de 40 mil voluntários participaram do programa de estudos clínicos. Desses, 29 mil receberam a vacina.
 
Redação O POVO Online
[Continue lendo...]
 
Tema desenvolvido por Diego Farias/ Fagner Freire ·